Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

sexta-feira, março 31, 2006

Luar Azul

Luar Azul

Todas as noites,
Ela sorri p?ra mim.
Todas as noites,
Ela se veste de cetim

Branco e puro,
Como s� ela tem
E de mansinho vem
Iluminar o escuro,

De uma noite estrelada.
Os sons da noite
S?o o seu canto,
O seu olhar,

Reflecte-se no mar.
Olhar azul
De pura magia.
A noite, � aquela que te guia!

Mal algu�m, que sempre te segue,
E dos os dias, nasce radiante,
A noite acabada; O dia come�a.
Esplendoroso e brilhante.

O luar azul, vai com a noite.
O olhar de fogo, vem com o dia.
Para aquecer, o que ela arrefeceu.
Mas quando este se vai, ela volta.
E eu lembro-me como ela sorria...

quarta-feira, março 29, 2006

Frase do Dia

Frase do Dia


Fazer amor depois das pazes, � o melhor!!

(Nao sei quem o disse, mas ha quem diga que � verdade, lol)

segunda-feira, março 27, 2006

�nsia de Amar

�nsia de Amar
(Inspirado em Bocage)


Meu amor, onde est�s?
Quem te separa de mim?
Quem faz que os teus olhos
Em mim n?o toquem?


� insuport�vel, esta saudade
� bem-vinda a hora de te ver!
Oh! Vem c� meu amor! E beija-me,
Com esse amor feroz que nos devora!

Amor! Acode a esta mortal ansiosa,
Que por ti tanto espera,
Que a ti tanto quer!

Vem acordar-me com um beijo;
O meu amor �s tu, es querido, es tudo,
�s o meu namorado, � Pedro!

terça-feira, março 21, 2006

Frase do Dia

Frase do Dia

O Livro s� se abre para quem � digno de o ler.

Boas Amizades

Boas Amizades

De cada vez que ligamos a televis?o, deparamo-nos com caso que at� nos perguntamos "Como � que pode acontecer?" ou " Ser� que eles sabem o que fazem?". Muitas vezes � apenas falta de informa�?o, porque infelizmente o meu pa�s ainda tem muito preconceitos. Tenho muito orgulho dele, e respeito-o, e quero tudo de melhor para ele, mas tudo muda... um dia!

No meu oitavo ano (98/99) conheci uma rapariga (que agora nao interessa o nome) e ela foi a primeira pessoa que me demostrou que realmente gostava de mim e foi ela quem me ajudou a "sair da casca" e a n?o ter medo de falar com os outros e de me mostrar conforme sou. E de entre as muitas coisas que ele me disse, ha uma frase que nunca esquecerei e que � bem verdade.

As escadas da amizade, sao para subir e descer,
As amigas de verdade, nao se devem esquecer.

Infelizmente, depois das f�rias da P�scoa nunca mais a vi nem soube nada dela. Apenas a irm?, que andava na mesma escola me disse um dia que ela tinha ido para o Seixal morar com o namorado.
Ela ainda me escrevia, mas parecia que as minhas cartas nunca chegavam at� ela, pelo que perdi o contacto com ela. Mas na ultima carta, ela disse que tinha casado e que tinha dois filhos. Fico fico muito feliz.
Ela tinha 15 anos, quando deixei de a ver. Eu tinha 13, hoje tenho 20. Mas mesmo depois de todo este tempo ainda n?o perdi a esperan�a de a voltar a encontrar...

sexta-feira, março 17, 2006

Cavalo De Prata

Cavalo De Prata

Ha algum tempo que nao vejo o Sol...
Onde est�?
As nuvens taparam-no!
Quando voltar�?

As Lendas ha muito falam,
Num cavalo de prata
Que surge � noite
E guia os perdidos

Eu estou perdida!
Quero o sol de volta,
Quero ir para casa!
Onde est�s?

Ha algum tempo que vagueio
Sozinha,
Sem cavalo,
Nem companheiro...

Que luz � quela?
"Vem!" Disse uma voz
Quem �s tu?
"Sou o que procuras"

Eu levo-te a ver o sol,
Eu guio-te pelas nuvens,
E juntos subimos as montanhas
E comigo vais triunfar!

Sem voz eu sorri,
Este � o Cavalo de Prata
Brilhante e bonito.
Eu vou contigo, respondi.

E quando voei
Contigo sonhei.
Comtigo queri estar,
Es o meu guardião...

sexta-feira, março 10, 2006

Peda�os de Cora�ao

Peda�os de Cora�ão

Ele ja estava magoado,
Partido, Quebrado,
Mas aconteceu o inesperado
Que o fez sarar
E ter esperan�a de Amar...

A rosa floresceu
E durante um ano
O Amor correu,
Feliz, contente,
M�gico, �nico!

Não!!
Um dia a rosa murchou!
Tudo acabou,
Tudo desapareceu,
Tudo morreu.

Ja s� restam peda�os,
Sangrentos, Vivos
E ainda com os impulsos
De um cora�ao vivo

Peda�os do meu cora�ão
Peda�os do meu amor,
Peda�os de uma vida,
Que nao consegui viver...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...