Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

segunda-feira, outubro 30, 2017

A Chave

Há poucos dias tive um sonho, daqueles em que ou acordo assustada ou fico a pensar no porquê de ter sonhado aquilo. Este foi um bocadinho de ambos, possivelmente derivados as muitas coisas que tem acontecido. Quem tem um relacionamento sabe que pode vezes os sentimentos se alteram sem darmos conta, isso para mim não fez muito sentido ao inicio mas agora eu entendo. Ele tinha deixado de me dar a atenção que eu queria e daí os meus sentimentos terem-se voltado para outra pessoa. Não vou referir nomes desta vez até porque nunca contei nada à pessoa com a qual sonhei desta vez e quero que se mantenha assim porque estas paixões loucas um dia acabam e não quero magoar os sentimentos de ninguém. Já me entendi com a pessoa com quem estou.

segunda-feira, maio 22, 2017

Olhar misterioso

No silencio da floresta, em pleno dia, uma estranha rapariga observa por entre os arbustos um caminhante perdido que por aqui se instalou, tinha olhos castanhos como as árvores os rodeavam, e um sorriso tímido que apenas se notava quando ouvia os sons daquela floresta, todo ele era envolto em mistério, não se sabia quem era nem como aqui chegara mas a sua energia era pura. A seu lado um belo cavalo negro de olhos brilhantes como safiras, deitado perto do seu cavaleiro, e por entre os pertences deste ela avistara algo inédito, uma varinha. Era um feiticeiro, que sem nada dizer pelo qual se encantou! 
A estranha rapariga sentiu o coração a palpitar, mas era tarde, tinha de ir embora, na aldeia todos a achavam estranha,  e ela era estranha ou apelidada de tal por nunca da sua boca se ouvirem palavras, não era muda, apenas não falava, pelo menos á frente dos outros.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...