Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

sexta-feira, agosto 31, 2012

Mulher

Menina, inocência é seu nome
Menina que Brinca Que Chora, briga e que sonha
Seu brinquedo é uma boneca,
Um fogão,
Uma casinha,
O que vai ser quando crescer?
 
 Mocinha, flor que desabrocha
Que estuda,
Que namora
Se apaixona
E chora
O que vai ser?
Não se decidiu
Ainda!
Mas sabe que vai ser
Afinal é mulher



quarta-feira, agosto 29, 2012

Pensamento desligado...

Pois, parece que ando com o meu pensamento desligado do blog... é o que acontece quando a nossa cabeça anda longe e tudo o que passa por ela só pode ser escrito num blog privado, restrito a certas pessoas...

Ainda falta um ano para que todos o possam ver...


terça-feira, agosto 14, 2012

Aniversário cheio de surpresas

Já há um mês ou dois que eu andava desconfiada dos cochichos do João e da minha mãe, mas nunca consegui ter a certeza de nada, só mesmo no dia é que iria saber mas uma coisa era certa, eles estavam a preparar uma grande surpresa para mim, eu só não podia adivinhar que era assim TÃO GRANDE!
De manhã a minha mãe veio ter comigo ao quarto, deu-me os bons dias e recebi logo uma prenda, um pijaminha azul com um porquinho na camisola, achei fofo. Entretanto levantei-me, vesti-me e fui comer, entra a minha avó para me dar 10€ - eu sei, não é grande coisa, mas vindo dela é muito, tanto que eu estava a contar apenas com 5€ - aproveitei a prenda dela para ir fazer um novo furo da orelha porque o sacana fechou e uma pessoa quer usar uns brincos e não pode.
Ainda antes de sair, o meu pai deu-me de prenda 50€, nada mau! Parece irrisório mas para quem está desempregada há tanto tempo, 50€ é uma fortuna. 
A tarde fui ter com o João ao Colombo, ela trazia um saco com um embrulho enorme, era um peluche em forma de coração a dizer Amo-te, eu adorei! Mas as surpresas ainda não tinham terminado.
Chegados a casa dos meus pais, porque o João vinha jantar, ainda recebi mais uma prenda, uma maquina fotográfica, a minha já nem cores tinha no ecrã apesar de ainda tirar fotos. Eu já andava doida com tanta prenda, nem o Natal recebo tantas.
Do género deste mas em rosa, muito lindo!
Fomos finalmente jantar, estava cheia de fome pois o meu lanche foi um balde e pipocas e coca-cola, mais nada, e isso não enche barriga por muito tempo.
Estreie a minha nova maquina para tirar uma foto ao meu bolo de anos - já há algum tempo que não tinha um - senti-me novamente pequenina com todos á volta a cantar pra mim.
Já tínhamos comido bolo com café e um copito de Carolans quando a minha mãe me coloca um caixotão á minha frente com um laçarote em papel, mais uma prenda, um ferro com caldeira igual ao dela. Espectáculo!
Foi a prenda final, mesmo, agora é que não havia mais nada!
Fomos mais tarde levar o João a casa, e eu vim finalmente dormir, foi um dia em cheio e segundo um passarinho me disse, se não fosse por causa do João, não tinha recebido metade do que recebi, ele é que conversou com os meus pais para eles para me fazerem esta surpresa que eu nunca mais vou esquecer!

domingo, agosto 12, 2012

Ouvir as personagens

Não sei se isto acontece com a maioria das pessoas que escreve historias, que inventa personagens e cria os mais diversos enredos, mas comigo costuma acontecer. Depois de criar as personagens e começar a escrever, algum tempo depois, sinto-me como se comunicasse com essa personagem, como se ela pudesse sair de dentro de historia e falasse comigo para me explicar como reagiria naquela situação. Acaba talvez por ser estranho porque ao criarmos uma personagem fictícias estamos a colocar nela algumas das características que nós já possuímos - pelo menos é isso que eu acho - e nesse sentido a escrita de um romance torna-se mais emocionante pelo facto de conversarmos com aquele personagem seja ela o bom ou o mau de toda a intriga.
Pensando nisto acabei por encontrar, por acaso, um artigo que fala sobre isso mesmo, escutar as personagens, falar com elas como se elas fossem reais, com a sua própria personalidade, defeitos e virtudes.
O processo de criação das suas reportagens envolve um esvaziamento da perspectiva a partir da qual ela vê o mundo. É assim que ela cria um espaço dentro dela para compreender a realidade dos personagens das suas matérias.(...)
Eliane fala da sensibilidade necessária para enxergar as histórias fantásticas de pessoas comuns que acontecem todos os dias, para encontrar significado nos clichês da vida quotidiana, e para dar outra dimensão às realidades construídas pelas mídias de massa.

sábado, agosto 11, 2012

Indomável

Se fosse um dia antes era perfeito, mas sendo assim dia 15 de Agosto não me escapas!


sábado, agosto 04, 2012

Unha Degradê

Quando pintar as unhas assim tenho de começar de véspera! (lol)


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...