Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

domingo, março 25, 2012

Amor próprio

Há dias que não me ando a sentir bem, e tenho andado a esconder isso, no entanto chega-se a um ponto em que mesmo que queiramos esconder já não é possível porque as pessoas que nos rodeiam também notam isso mesmo, que andamos tristes e desmotivados. No meu caso não sei se lhe chamo falta de auto-estima ou amor próprio, se bem que é quase a mesma coisa, eu costumo dizer que amo mais o meu namorado do que a mim própria, todavia este pensamento está errado, deveria ser ao contrário.
O ano passado todos os dias eram dias felizes, parecia que tudo era cor-de-rosa, este ano estou a encarar a realidade: o meu namorado está com mais vontade de ir viajar para o estrangeiro nas férias do que em tirar a carta de condução, e vai gastar esse dinheiro sabendo que tem outras coisas para pagar e que ainda nos falta comprar uma mesa para a sala. De cada vez que precisa de algo vem pedir aos meus pais, mas esquece-se de que eu não sou filha única e que ele também tem pais que o podem ajudar.
Eu não quero acusar ninguém nem ser injusta com ninguém, porque muita coisa do que ja vi e ouvi ficou cá dentro guardada, e provavelmente muitas mais coisas virão apesar de eu não gostar de ter segredos para ele, mas por outro lado há coisas que eu não posso ou não devo falar.

Mas voltando ao que eu estava a dizer, sinto-me em baixo, desmotivada, gostava de ser difrente só para deitar cá para fora o que gostava de dizer, ter a resposta pronta para o momento certo, para não pensarem que podem pisar em cima de mim como já o fizeram anteriormente, quando eu ainda andava na escola, quando eu era patinho feio.
O que origina a baixa temporária da auto estima pode ser um tratamento desagradável por parte de alguém ou mesmo um julgamento interior depreciativo em alturas mais difíceis. Este comportamento acaba por ser normal devido à intensidade a que o mundo hoje nos obriga a viver.
Muitas vezes nem parece que sou do signo Leão, parece mais que sou outro bicho qualquer que se esconde na sua casca. E não gosto porque sei que isto me faz mal, começo a pensar demais e a ficar com dores de estômago e com vontade de chorar sem razão aparente. 
Quando começa a utilizar métodos para aumentar a auto estima, existem alguns sentimentos de resistência que poderão ser complicados de ultrapassar, mas aí deverá entrar a auto motivação para conseguir levar a cabo essas actividades. A resistência irá desaparecer à medida que for conseguindo avançar no seu caminho até ao objectivo. Não tenha medo de pedir ajuda aos seus familiares a amigos mais próximos, eles estarão lá para o ajudar a ultrapassar essa fase negativa e a melhorar a sua auto estima.
Em todo o processo para aumentar a sua auto estima, tenha sempre presente pensamentos positivos e conversas interiores que o motivem a continuar e que o ajudem a perceber que é uma pessoa única e especial para si e que merece o melhor da vida.
Eu só queria uma unica coisa neste preciso momento, ser uma mulher com mais 20% de garra do que sou actualmente, porque penso que isso me poderia trazer mais benefícios, porque mais vale uma resposta dada da hora certa do que andar a remoer com os sentimentos dentro de nós. Para poder chegar á minha velhice em paz e com a certa de que tudo o que fiz valeu a pena e que não deixei nada por dizer.



Fonte dos excertos: Blog

2 comentários:

  1. Td sou do signo de leão e me sinto tão sem auto-estima e tão desmotivada com a vida que pensei até em me matar, td isso por causa de um namoro que estava me consumindo e me fazendo infeliz. Minha família sempre foi contra o namoro, e eu acabei ficando sega c tudo isso e decidi seguir em frente em uma relação que so foi piorando e acabando cmg. Hj estou c depressão e síndrome do pânico, há uma semana terminei o namoro, para alegria da minha família, mas eu mesma me arrependi e pedi p voltar, ele n quis mais e disse que estava super bem sozinho que era fora de cogitação uma volta. Estou tentando aceitar mas ainda me pego pensando mt nele mas seu que tb n estava certo continuar um namoro que n estava feliz. Ele n queria trabalhar nem correr atras de nada p ganhar dinheiro e eu sempre fui uma pessoa mt determinada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um namoro assim não tem como dar certo por muito que queiramos. Eu tambem ja passei por namoros que a minha familia nao aceitou, e no ultimo ele me disse na cara que nao me queira mais por causa da familia e mais tarde vim a descobrir que ele ja tinha outra namorada e inclusive uma filha acabada de nascer. Tive meses em que andei mesmo muito mal sentindo-me traida e usada, mas depois surgiu outro amor quando eu menos esperava e que tem sido a melhor coisa que me aconteceu, por isso aqui fica a minha dica: bola pra frente e deixe o passado para tras pois algo muito melhor está para vir. O Universo sempre conspira para que os nossos desejos se realizem, desde que acreditemos neles.

      Eliminar

Obrigado por comentar.
Volte sempre ao meu blog.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...