Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

terça-feira, fevereiro 28, 2012

Instintos

O que é o pequenote estaria a pensar naquele momento? Também gostaria de saber, mas os instintos selvagens ninguém lhos tira.

segunda-feira, fevereiro 27, 2012

Olly Murs - Oh My Goodness

Im rolling down hill, no breaks
Can't go back now, its to late oh
It to late to look away
And unfeel what i feel for you look away
And unsee what i see in you
I gonna go for it
I hope you ready


domingo, fevereiro 26, 2012

Será desta?

Vi uma noticia há uns dias atras cujo titulo era o seguinte:
Governo vai criar 1.150 gestores de carreira para acompanhar desempregados
E eu pergunto: Será que é desta que vou ter uma oportunidade?? Espero bem que sim, porque a tormenta de ter que enviar currículos todos os dias e não obter uma unica resposta com certeza mais deixar com cabelos brancos antes do tempo.
A noticia continua:

O Governo vai transformar os 1000 técnicos de emprego do IEFP em gestores de carreira dos desempregados e conta juntar-lhes mais 150 dirigentes que vão ser convertidos de modo a acompanhar de perto os inscritos, foi hoje anunciado.Uma das apostas do executivo será aproximar os centros de emprego aos centros de formação da mesma área geográfica de modo a unificar a sua gestão, o que permitirá eliminar alguns cargos dirigentes.
E quem sabe se ao eliminar esses cargos não sobra algum dinheirinho para pagar a outra pessoa que precise de trabalhar, não é?
Pedro Martins garantiu que não vão ser encerrados centros de emprego (86) e que ao longo do ano vão ser reafetados recursos humanos para melhorar gradualmente o rácio inicial, que será de cerca de 600 desempregados para um gestor de carreira. Para facilitar e agilizar o regresso ao mercado de trabalho, o Governo aposta ainda noutras medidas como a colocação quase imediata dos novos desempregados em ações de formação de curta ou média duração, nos 28 centros de formação direta do IEFP.

sábado, fevereiro 25, 2012

Floresta fossilizada

Há dois dias falei sobre uma flor que os russos conseguiram fazer germinar após 30 mil de anos - e eu já pensava ser uma coisa genial - agora venho falar sobre uma floresta inteira!
Foi encontrada uma floresta fossilizada com 298 milhões de anos, desenterrada na China, uma Pompeia do mundo natural com 298 milhões de anos. As cinzas de uma erupção cobriram uma floresta de fetos arbóreos, que ficou preservada até agora. O retrato deste pântano tropical está descrito na revista Proceedings of the Natural Academy of Sciences desta semana e permite compreender melhor a evolução das florestas da Terra numa altura em que ainda não havia flores.

Na cronologia da história geológica, há 298 milhões de anos, a Terra encontrava-se no início do período Pérmico, antes da era dos dinossauros. Nesta altura os mamíferos e as plantas com flor ainda não existiam e os répteis e as coníferas – o grupo de plantas a que os pinheiros pertencem – eram uma aquisição recente da evolução.

sexta-feira, fevereiro 24, 2012

Com Amor, Finlândia

Em Maio do ano passado publiquei aqui o seguinte video com uma mensagem para a Finlândia, e agora eles responderam, quase da mesma maneira. E eu até gostei, senão não estava a publicar o video aqui, é curtinho, mas sempre que diz que uma imagem vale mais do mil palavras.

quinta-feira, fevereiro 23, 2012

Indomável

Este filme eu não vou perder de certeza!! Espectáculo :p


BRAVE - INDOMÁVEL - Trailer Dobrado por dmagianet

Independente por um dia

Hoje mal acordei resolvi que ia fazer uma coisa nova, já que tinha de ir a Belas passar a roupa a ferro, e até o meu almoço foi diferente, fiz a lista de coisas que precisava e fui "ás compras", a ementa era creme de cenoura e pizza de fiambre de aves, azeitonas e cougette. 
Fiz a sopa de cenoura com as cenouras e as batatas da minha mãe, retiradas á socapa do frigorífico, e a pizza também com o que ela tinha na arca. Estava muito bom, descobri as receitas através deste site, e todas elas são muito fáceis de confeccionar e igualmente muito saborosas e saudáveis.
A sopa não tem grande segredo, é so deixar cozer as cenouras e as batatas e depois passar tudo com a varinha, juntar azeite e sal e deixar ferver, mas vou deixar aqui a receita da pizza, porque adorei fazê-la e com certeza que vou repetir, e também porque não tem muitas calorias.


Flor com 30 mil anos

É uma história que faz lembrar o Jurassic Park, sem âmbar nem dinossauros mas com a ajuda de esquilos pré-históricos: os cientistas russos conseguiram fazer crescer uma flor a partir de material vegetal congelado há 30 mil anos que foi guardado em buracos pelos pequenos mamíferos da época. Os resultados da investigação foram publicados agora na Proceedings of the National Academy of Sciences .

O poder de conservação das plantas é bem conhecido pelos cientistas. As sementes podem germinar passado muito tempo, 2000 anos até, no caso de sementes de palmeiras encontradas numa fortaleza de Masada, perto do Mar Morto, em Israel. Mas os resultados obtidos pela equipa liderada por Svetlana Yashina e David Gilichinsky, da Academia de Ciências Russa, não têm precedentes. “No presente, as plantas da S. stenophylla são os mais antigos organismos multicelulares viáveis”, escreveram os autores no artigo.

A planta que conseguiram regenerar da espécie Silene stenophylla continua a crescer na Sibéria. Mas este material biológico da flor estava escondido num dos 70 buracos de hibernação feitos pelos esquilos que viviam naquela altura, que os cientistas investigaram, no Nordeste da Sibéria.

Segundo os autores, este “milagre” foi possível, porque as células do fruto utilizadas para a germinação eram ricas em açúcar, o que protegeu o ADN e o material das células do frio. Esta protecção possibilitou a multiplicação celular quando a equipa pôs o material a germinar.

Fonte: Publico

quarta-feira, fevereiro 22, 2012

Uma noa noticia

Uma associação que ajuda mulheres a conseguir emprego, a recuperarem a sua autoestima e acreditarem nas suas capacidades profissionais é o principal objectivo da associação internacional Dress for Success, que no passado mês de Dezembro (2011) chegou finalmente a Portugal. Esta associação está espalhada por 75 cidades em todo o mundo e já ajudou mais de 500 mil mulheres a alcançar sucesso profissional.
Foi pela mão de Fernanda Machado que a Dress for Sucess chegou ao nosso país. Depois de ver uma reportagem sobre a associação no programa da Oprah, Fernanda não hesitou em candidatar-se a avançar com a estrutura em Portugal. 
Após cerca de 18 meses de trabalho exaustivo e de passar por várias etapas, Fernanda foi informada, no fim de Maio deste ano, que a sua candidatura tinha sido aceite. “Foi o máximo da felicidade. Nem queria acreditar que tinha conseguido realizar o meu sonho de ajudar as mulheres a melhorarem o seu nível de vida profissional e familiar”, confessou ao Boas Notícias.
Desde aí, Fernanda tem andado a preparar tudo para a inauguração oficial da associação. A partir de Dezembro, a associação, cuja sede será na freguesia de São José, já vai estar apta para começar a ajudar as primeiras mulheres.
Às candidatas que forem aceites, e numa primeira etapa, a Dress for Success oferece as roupas adequadas para serem bem-sucedida numa entrevista de emprego. Depois, quando a candidata consegue o seu emprego, a associação oferece-lhe ainda “um enxoval de vestuário completo para que possa estar sempre à altura dos desafios do seu trabalho”.

Fonte:  Boas Noticias

terça-feira, fevereiro 21, 2012

Alguém como tu

E mi manca ogni sera
La tua gelosia
Anche se poi era forse più la mia
E mi mancano i miei occhi
Che sono rimasti li
Dove io li avevo appoggiati
Quindi su di te

Mi sembra chiaro
Che un'altra come te
Ma nemmeno se la invento c'è
Mi sembra chiaro che
Sono ancora impantanato con te



Toda noite sinto falta
Do seus beijos e caricias
Ainda que, no fim de contas, acabes por adormecer
E sinto falta do teu olhar
Que permanece ali
Onde eu o deixei
Muito longe de mim
   
Parece-me óbvio
Que outro igual a ti
Não existe nem mesmo se eu o inventar
Parece-me óbvio que
Estou profundamente envolvida contigo 
~*~ A minha versão da letra

domingo, fevereiro 19, 2012

De dieta???

Ontem fui jantar com o João, os pais dele tinha regressada da Sertã na sexta-feira e por isso convidaram-me e eu aceitei - sempre era a forma de sair de casa e desanuviar a cabeça de certas coisas que se têm passado por aqui. Passei por Belas para ir ver o correio e depois fui buscar ao João ao Colombo.

A refeição estava muito boa, pela primeira vez não apanhei picante na comida e senti-me realmente bem, e que foi a primeira vez que conversei um pouco mais. Na altura de servir os cafés ajudei a levantar da mesa o que já não era necessário. E fiquei um pouco na cozinha enquanto ele tirava os cafés quando ele me surgiu com este comentário: 
Estás mais gordinha.
Eu não demonstrei mas aquilo fez-me lembrar da dificuldade que tive a abotoar o botão das minhas calças de ganga. Mais tarde, já em casa, ainda continuava com aquelas palavras na minha cabeça e tive também alguma dificuldade em adormecer, não se foi derivado a isso ou a outra coisa qualquer porque regra geral eu adormeço rapidamente em qualquer lugar. E hoje na manhã acordei a pensar na mesma coisa: preciso fazer uma dieta.

sábado, fevereiro 18, 2012

Sabiam que...

...as cabras têm sotaques diferentes??

Um grupo de investigadores da Universidade de Londres descobriram que nem todos os balidos são iguais e que os cabritos adoptam sotaques diferentes assim que começam a socializar com outros animais. O estudo foi publicado na revista Animal Behaviour.
A descoberta surpreendeu os cientistas porque até agora se pensava que os sons da maioria dos mamíferos eram demasiado primitivos para permitir variações subtis. As únicas excepções conhecidas eram os humanos, morcegos e cetáceos, apesar de muitas aves terem a capacidade de imitar sons.

Ja imaginaram uma cabra com sotaque alfacinha e outra com sotaque tripeiro?? Deve ser engraçado.

Os investigadores deixaram os cabritos com as suas mães e registaram os seus balidos com uma semana de idade. Depois, os 23 animais foram distribuídos ao acaso em quatro grupos separados, entre os cinco e os sete animais.
Quando chegaram às cinco semanas de idade, os seus balidos foram novamente gravados. “Tínhamos para analisar 10 a 15 tipos de balidos por cabrito para analisar”, disse McElligott, ao site New Scientist. Alguns dos balidos eram claramente diferentes mas análises mais detalhadas, baseadas em 23 parâmetros acústicos, conseguiram identificar variações mais subtis. Segundo os investigadores, cada grupo de cabritos tinha desenvolvido um sotaque distintivo. “Provavelmente é algo que ajuda à coesão do grupo”, acrescentou McElligott.

sexta-feira, fevereiro 17, 2012

De volta ao blog

Porque ando com esta musica na cabeça há uma serie de dias, resolvi procurar um video para publicar aqui.

domingo, fevereiro 12, 2012

O Metro

Em Setembro do ano passado escrevi sobre a Estação do Metro de Sete Rios, pois era a primeira vez que andava a sério de metro - e quando digo a sério, não é a fazer viagens esporádicas - e fez-me muita confusão ver os cegos a pedir dentro dos comboios, e até deixei algumas perguntas no ar.
Agora já tive uma espécie de resposta, na SIC passou uma reportagem sobre o Metro e eu vi na internet e estava super ansiosa para ver se aparecia o tal senhor cego da estação de Sete Rios, mas não, nem ele nem outros que eu costumava ver, mas apareceu uma outra rapariga cega que eu acho que só vi uma ou duas vezes no máximo, e aí eu tive a noção do motivo porque eles andam a pedir. De facto aquilo que supostamente recebem por invalidez não deve chegar para nada e os apoios devem ser nulos, e então esta necessidade.
A rapariga contou que consegue pouco mais de vinte euros em cerca de quatro ou cinco horas por dia, quando eu não pensei se soubesse tocar algum instrumento musical, em ir fazê-lo para a entrada do Metro. Pelos vistos ganha-se mais do que num emprego, mas a segurança não é a mesma o que me deixa pouco á vontade com a ideia. Mas voltando ao tema, quando escrevi o outro post estava com ideia de que na realidade também acontecesse por cá as coisas que se retratam no filme - vejam o post referido no inicio - e felizmente estava enganada em relação a isso.

Vejam o video da reportagem. Eu adorei.

sábado, fevereiro 11, 2012

Uma viola intrigante

A minha curiosidade nasceu devido a ter visto na televisão uma viola de aspecto incomum mas com uma som muito familiar, já tinha ouvido musicas com aquele som e isso fez com que eu fosse procurar. E o que eu encontrei foi isto: 
Sitar é um instrumento musical de origem árabe, tibetana e principalmente indiana, e é o instrumento símbolo da música deste país. Tornou-se conhecido no Ocidente graças a sua introdução na música pop do guitarrista da banda The Beatles, George Harrison, amigo do instrumentista Ravi Shankar.
O nome "sitar" provém do persa, e significa "de três cordas", o que é uma alusão à forma original do instrumento. Atualmente o sitar apresenta um grande número de cordas, em geral dezoito, sendo as mesmas subdivididas em três categorias: as cordas de execução, as cordas de bordão ou pontuação, e as cordas simpáticas, ou simpatéticas. 
As cordas de execução e as de bordão sempre constituem num total de sete, porém o número de cada categoria pode variar, podendo ser três de bordão e quatro de execução, ou vice-versa. As cordas de execução são as mais usadas, por serem as usadas para o toque da melodia de uma peça musical. As cordas de bordão, ou de pontuação, possuem um timbre mais metálico em relação às outras, e são usadas basicamente para acompanhamento. As cordas simpáticas, ou simpatéticas, são as mais numerosas. Geralmente elas só são tocadas quando se deseja fazer um glissando; ao contrário, elas não são tocadas e apenas vibram por simpatia harmônica ao toque das outras cordas. Normalmente, apresentam-se em número de onze cordas, porém alguns modelos de sitar podem apresentar até quinze cordas simpáticas. Muitos sitars atualmente possuem um segundo ressonador, feito de cabaça, posicionado atrás do braço, em posição oposta à do bojo do instrumento. Alguns sitars ainda possuem trastes móveis, o que permite que o músico toque com mais facilidade determinadas peças musicais.


E para terminar encontrei este video para verem o tipo de musica que este instrumento toca, eu adorei.


Ataque de mimos caninos

Urbano, Estação de Sete Rios, 2008.07.09Urbano, Estação de Sete Rios, 2008.07.09 (Photo credit: nmorao)Ontem fui a um entrevista em Lisboa, almocei com a minha mãe e mesmo sem carro fui de comboio. Chegada a Sete Rios deparo-me com um problema, a linha azul estava cortada, como é que eu iria para o Saldanha?? Havia autocarros mas eu nao sabia quais nem a que horas iriam passar, então voltei a apanhar o comboio para o Oriente para poder apanhar a linha vermelha, mas logo na estação a seguir a Sete Rios, Entrecampos, apercebi-me que se fosse até ao Oriente estaria a andar para trás e a perder tempo e sai logo em Entrecampos e fui a pé até ao local, percorri quase a Avenida toda mas cheguei mesmo a horas.
Estive lá até ás quatro da tarde, era uma entrevista de grupo - que eu não gosto nada mas pronto - e não tinha rede nenhuma para avisar o João que estava atrasada. Por isso, assim que aquilo terminou para mim foi um alivio, a primeira coisa que fiz foi pegar no telemóvel e ligar para ele. Estive a contar-lhe tudo e disse que ia ter com ele, para me esperar em Sete Rios.
Estava estoirada de andar a pé, há muito tempo que não o fazia, desabituei-me desde que saí da escola, apesar de gostar de fazer caminhadas a pé. 
Ele devia ser desta raça, mas maior,
quase um adolescente e brincalhão.
Uma vez em casa fomos lanchar e descansar um pouco, e estive a contar os restantes pormenores da entrevista, pois ele parecia muito entusiasmando, ao contrário de mim que como já referi num post, acho que a minha timidez e o facto de me retrair muito para falar me prejudicam e muito. Enfim, mais tarde vim apanhar o comboio para voltar para casa quando, á saida do bairro, um cachorro preto lindo, se atirou a nós a pedir mimos mas quem acabou por levar com ele em cima fui eu, segundos depois apareceu o dono a chamá-lo, mas foi engraçado. Nem todos os animais são assim tão amistosos, e até foi bom para fim de dia tão atribulado. 
Finalmente na chegada a Sintra tinha o meu pai á minha espera, ainda vi um pouco da novela, depois jantei e fui para a minha caminha dormir o meu somo de beleza até á hora que me apareceu.

sexta-feira, fevereiro 10, 2012

Serei apenas timida ou fraca?

Numa destas noites veio-me á cabeça um pensamento: Há uns anos atrás nunca na minha vida eu teria coragem para muitas das coisa que faço hoje. 
E é verdade, há uns anos valentes, quando eu ainda andava na escola até o facto de ter que entrar na papelaria para comprar a minha revista preferida, onde quase sempre vinha na capa os BackStreet Boys, me causava um nó no meu sistema nervoso. Muitos de vocês podem não ter essa noção, mas estou a falar a sério, eu não era capaz nem de entrar na loja se não estivesse acompanhada de preferência por alguém mais velho.Quando tinha que falar com as pessoas - quando tinha visitas em casa - eu escondia-me no quarto e só quando os meus pais me iam chamar é que eu aparecia, a não ser que fosse alguém com quem eu já tivesse mesmo muita confiança, como o meu tio ou o meu padrinho. 
Nesse tempo nem coragem para demonstrar alguém que sentia algo especial por ela, nem para fazer perguntas na sala de aula, preferia esperar a ver se alguém levantava o braço e fazia a perguntar por mim, chegou a acontecer algumas vezes, mas não tantas assim, mas também eu sempre estudei muito em casa pois não tinha mais nada que fazer, não tinha amigos com quem brincar, sempre tive apenas o meu irmão e confesso que nem sempre era a companhia ideal, tinha que brincar ao que ele queria e regredir para me sentir com a mesma idade que ele.
Ainda hoje sou tímida, não tanto, mas há coisa que me provocam o tal nó no estômago, a tal sensação de querer fugir dali a todo o custo, só que quando isso acontece tento sempre respirar fundo e pensar que aquilo vai passar rápido e que ninguém me vai morder. A minha timidez também faz com que eu não consiga dar as respostas que quero dar na hora certa, de vez enquando lá sai uma ou outra, mas o que é certo é que acabo por perder todas as "lutas" por não saber dar as respostas ou também por não saber fazer as perguntas acertadas, como nas entrevistas de emprego. Acredito que esse seja uma dos factores que me anda a prejudicar e muito, nem mesmo com todos os trabalhos de já fiz de lidar com o publico e consigo dar a volta á minha timidez, outro facto é que não consigo descobrir como é que ela consegue ser uma qualidade minha.

quinta-feira, fevereiro 09, 2012

O meu grande dilema

Por vezes isto aperta-me o coração de tal forma que mal consigo respirar. Há uns meses descobri um curso profissional - como já relatei aqui neste post - e até agora tenho deixado passar o tempo para ver se conseguia trabalho para depois poder me inscrever no curso, mas não, nada, e estou a sentir-me cada vez mais apertada porque daqui a nada começam as inscrições e eu vou ficar de fora porque também não consigo que o IEFP me arranje uma Bolsa de Estudo. Não sei mais por onde procurar, todos os dias envio currículos e as resposta são zero!


Se eu tivesse ao menos uma oportunidade, de tirar aquele curso, de trabalhar naquela área, eu juro que nunca mais ia pedir um único cêntimo aos meus pais, porque eu estou farta de cansada de lhes pedir coisas. Todos aqueles cursos do género CEAC para fazer em casa, são tudo uma treta, porque eles apenas querem lá o dinheiro, estão-se pouco barinbando se a pessoa tem realmente aptidão para realizar o curso, e eu digo de verdade continuo a detestar a contabilidade apesar do meu pai me ter praticamente forçado a fazer esse curso que conclui a muito custo e com uma nota muito longe do 17 que tive no primeiro teste.
Já na ETIC, que é onde eu pretendo estudar, eles realizam uma entrevista para verem se o candidato tem mesmo aptidão para aquilo - ou pelo menos eu julgo que assim seja - e para que não vá desistir a meio. Lá é uma coisa a sério, são cursos PROFISSIONAIS, não é aquela bandalheira em que depois se precisa ainda de outro curso para poder realizar a profissão.
E eu peço apenas isso, uma oportunidade, porque se há coisa que não quero fazer é ter que pedir mais dinheiro aos meus pais, visto que eles têm tanto onde o gastar. 

E esse é o meu dilema.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...