Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

terça-feira, janeiro 31, 2012

Querem me calar

Disseram-me que ando a falar demais, que escrevo coisas que não devia, que tenho de evitar fazê-lo, que não posso escrever por muito que goste de o fazer . Mas como? 
Como posso deixar de escrever o que sinto? Se eu amo escrever.
Como posso deixar de relatar o que me deixa triste ou contente? Se não tenho mais ninguém que me ouça.
É como se quisessem controlar os batimentos do meu coração e torná-lo mecanizado, sempre ao mesmo ritmo como se fosse uma máquina sem qualquer tipo de emoção.
Sim, estão a querer calar-me, mas eu não tenho vontade nenhuma de ficar calada, pois se eu não escrever sufoco, é o ar que respiro. Não foi á toda que fiz um curso de "Escrita Criativa", não é por acaso que consigo criar historias maravilhosas de feiticeiras e princesas, ou baseadas na realidade qual Eça de Queiroz "n'Os Maias", ou ainda poemas melodiosos à Fernando Pessoa ou Bocage. Mas nem só de fantasia vive a minha escrita, também gosto de dar a minha opinião quando lei-o uma determinada noticia num jornal on-line quer seja quando ela me indigna e me revoltar quer seja quando ela me alegra e me orgulha.
Querer que eu não escreva faz-me sentir como se me estivessem a censurar e impedir a minha liberdade de expressão e isso é um direito adquirido da democracia e da sociedade moderna e do qual eu não abdico. Não quero jamais ser como aquelas mulher nas Arábias que têm de andar todas cobertas de roupa e que não podem dar a sua livre opinião sob pena de serem castigadas e mortas. É triste viver numa sociedade assim em que não se pode falar. E eu não aguentaria estar sem escrever, sei que nem todos os dias temos inspiração para o fazer, mas quando temos sabe sempre bem fazê-lo, é como se libertássemos uma parte de nós mesmos. E eu vou escrever até que os dedos me doam!

quinta-feira, janeiro 26, 2012

De bico calado

É um facto que adoro escrever, e que escrevo sempre que me apetece, quando tenho algo em mente ou um acontecimento, seja ele bom ou menos bom, gosto sempre de escrever. Mas parece-me que desta vez escrevi demais, mesmo com os meus cuidados.
Todos os meus posts vão também para o facebook, e julgo que terá sido por aí, que o irmão do João lhe descobriu a careca, como se costuma dizer. E isto é relativo aos posts Aniversário e Escapadela de fim de semana, em que eu falo que ele passou o dia de anos amigo, também a conversa com o meu pai, e depois sobre o fim de semana que passei com o João.
Ele não ficou zangado (acho eu) mas pediu-me para eu ter mais cuidado com o que escrevo e com o que publico, porque ele não se importa que eu escreva, até acha que eu devo escrever no blog, só tenho que ver o que é que ando a publicar no facebook para não lhe causar grandes problemas.
A verdade verdadinha é que como sempre a sensação que poucos lêem de facto o meu blog, e só quem comenta é ele e a minha melhor amiga, não me passou pela cabeça que o irmão pudesse descobrir o blog - o que realmente foi burrice minha, pois se eu tenho o link no facebook, o mais lógico era que despertasse alguma curiosidade, não é? Pois vai daí que ele ontem perguntou-me logo que é que eu tinha ando a escrever porque o irmão dele já lhe tinha feito perguntas para saber se era verdade ou não. Enfim, toda a gente mete a pata na poça de vez enquando, agora só espero é que eles não tenham post o link do blog nos favoritos, senão o mais provavel que não possa mais escrever sobre alguns temas neste blog, coisa que não me deixaria lá muito contente mas se tivesse que ser fazia-se um esforço para conter o impulso da escrita.

segunda-feira, janeiro 23, 2012

Uma escapadela de fim-de-semana

Há coisas que eu ainda estranho, porque se fosse aqui há uns tempos, ou mesmo fosse outra pessoa, eu nunca conseguiria o que tenho conseguido. Este ultimo fim-de-semana, os meus pais deixaram-me passa-lo com o João em Lisboa, fui de comboio no Sábado de manha, ainda vi o pai dele quando cheguei lá a casa, ele ia para a Sertã nesse mesmo dia, só lá tinha ido buscar uns comprimidos e saiu logo. E nós dois ficámos nas nossas sete quintas, como se costuma dizer. 
Ele é que fez o almoço, eu estendi a roupa que ele tinha posto na máquina, e almoçámos juntos. Depois fomos beber o café a casa da avó dele e comer o bolo de aniversário, - sim, porque se bem se lembram ele fez anos dia 19 e veio almoçar fora comigo e com a minha mãe - e estar um pouco na conversa. 
À noite foi ele quem fez o jantar, e eu fui dobrar a outra roupa seca para a mãe dele passar a ferro. Estava muito bom, é óptimo ter um homem que se entende com a cozinha!
Deitamo-mo-nos por volta das 10:00h, mas claro que nao foi para dormir, estivemos a ver TV até ás 11:00h, mas após essa hora ainda tive alguma dificuldade em que ele me deixasse dormir, ele estava mais irrequieto do que é habitual, mas não me estou a queixar, acaba por ser bastante divertido.
No Domingo ficámos quase a manhã toda na cama, o almoço hoje era por conta da avó dele por isso estávamos á vontade. Era bacalhau com natas e estava muito bom e cremoso, diferente do que a minha mãe costuma fazer, para sobremesa havia ananás e café.
Durante a tarde estivemos a ver um filme no quarto, e sem me aperceber adormecemos assim que ele terminou e só acordei já passavam das quatro da tarde. Ele estava ferrado a dormir, nada que uns beijinhos n conseguissem resolver.
O João acompanhou-me até à estação até o comboio chegar - lógico que a minha vontade de voltar não era lá muita -, e assim voltei no Domingo á tarde para casa. Foi um fim-de-semana fantástico e não me importo de o repetir vezes sem conta, e devem imaginem bem porquê, não é?

Futuro

Português: Trilha para as torres de TVImage via Wikipedia
Tenho andado a lutar todos os dias para conseguir uma trabalho, mas parece-me que correr as empresas e enviar currículos não basta. Estou a ficar sem tempo, preciso construir o meu futuro, futuro esse que está com muito nevoeiro mas no qual ainda consigo ver um estúdio de televisão, uma redacção de rádio, onde também existe um marido e filhos e uma casa para governar. Mas para poder tornar tudo isso realidade preciso muito de conseguir um trabalho pois sem isso não posso voltar a estudar - entre outras coisas - e era uma coisa que eu gostava muito.
Não me importo de entrar sem contrato (inicialmente) desde que as pessoas sejam sérias e paguem o valor que for acordado, pelo menos uns 100€ por mês já vai dando jeito. Faço o que houver para fazer, nem seja o arquivo desorganizado do ano passado ou a lavar as escadas do prédio. E podem crer que vou levar isto até ao fim nem que tenha de ir pedir para a porta de igreja ou ir para um qualquer programa da manhã na TV para conseguir ter o meu curso pois é isto que eu quero e que eu gosto de fazer.

Links do meu blog se quiserem ler 

quinta-feira, janeiro 19, 2012

Aniversário

Hoje foi um dia especial, por dois motivos. O primeiro e principal é o aniversário do meu namorado e que veio almoçar a convite da minha mãe. 
Logo de manhã, após ela ter ido levar o meu irmão á escola, fui com ela ás compras enquanto ele não chegava á estação. Só que entretanto apareceu uma senhora, nossa vizinha, que precisava de ir levantar a reforma e como já é costume a minha mãe levá-la, assim que terminámos as compras fomos buscá-la, e apanhar o João que entretanto já esperava na estação. 
Com tantas voltas a minha mãe percebeu que não ir ter tempo para fazer o almoço, já eram onze e tal da manhã, e ela ainda precisava de ir fazer mais umas coisa. Só chegámos a casa depois das 14h da tarde, e como o meu pai não me deixava sair no carro por causa de ter um pneu em baixo, o João acabou por ficar lá em casa e jantar lá.
O segundo motivo é o meu pai, não directamente mas também tem muito a ver com ele, porque ele não me deixa ir viver com o João sem que esteja casada pelo civil, ou seja, solteira não posso sair desta casa. E como não vai ser por um papel que me vou prender, amanhã vou-me informar junto do cartório quais são os procedimentos, e quanto temos que pagar.
A nossa ideia não era exactamente esta, mas apesar da conversa que tivemos com ele nada o demoveu da sua convicção. O que queríamos de verdade era juntar-mo-nos agora, e casar apenas em Setembro porque é uma data especial para mim, mas visto que ele não me deixaria sair daqui até Setembro eu engulo o meu orgulho e caso em qualquer data. 
Causou-me uma certa revolta e uma certa vontade de fazer tudo á revelia dele, porque eu tenho 26 anos, sou adulta e plenamente consciente daquilo que faço, mas só teria a perder porque ele mesmo disse que se fosse assim não contaria mais com a ajuda dele, e como eu preciso disso, vou ter de fazer como ele quer.
Espero que ao menos depois de casada as coisas possam ser mais ao meu jeito e não ao jeito dos meus pais como tem sido desde que me conheço por gente!

sábado, janeiro 14, 2012

O Aprendiz

Esta é uma imagem que muita gente mais velha que eu deve ter ainda em mente: um moço pequeno e desajeitado, tentado seguir as ordens do seu mestre mas que no final só faz é asneira. É assim que eu o imagino, e era bom que ainda houvessem aprendizes neste país, sinal de que os conhecimentos adquiridos com a experiência não se perdiam - e que que não precisaríamos de nascer todos licenciados - mas não, os nossos supostos mentores estão todos na reforma e nós estamos onde?? No desemprego!
Em vez de nos colocarem ao lado dessas pessoas para que elas nos ensinassem o oficio, não, querem que nós sejamos todos licenciados e doutores já com experiência e pratica de alguém que trabalhou durante mais de trinta anos na área! E ainda querem que falemos todas as línguas da Europa e que sejamos um "faz tudo" da empresa, seja qual for o nosso sector de trabalho.
E o que é que acontece a quem não teve oportunidade de se tornar licenciado?? A quem gostava de ter um curso profissional mas não tem dinheiro para o pagar porque simplesmente não consegue trabalhar para juntar esse dinheiro??
Parece-me que o país ainda não descobriu o que fazer com essas pessoas. A questão é que eu estou nesse grupo de jovens, que por opção ou outro motivo qualquer não conseguiu fazer mais do que o 12º ano, e que agora luta todos os dias para conseguir e manter um emprego/trabalho e ganhar dinheiro para pagar as suas contas. Muitos dos jovens da minha idade já estão a morar juntos e têm filhos para cuidar e a vida não pára só porque causa de não se conseguir trabalhar. Mas se ela parasse, para mim ficaria estacionada algures em 2009 que foi quando fiquei oficialmente despedia, e só arrancaria de novo quando eu conseguir trabalho e dinheiro para voltar a estudar, porque se tal não fosse necessário, bastaria em entrar em qualquer estação de rádio ou estúdio de televisão e dizer: "Eu adorava aprender este oficio, será que posso entrar como aprendiza??
Enhanced by Zemanta

quarta-feira, janeiro 11, 2012

Desafio

1) Descubram - em www.joshhosler.biz/ - qual a música que estava em n.º 1 no dia em que nasceram;
2) encontrem essa música no YouTube;
3) e publiquem-na no vosso wall

segunda-feira, janeiro 09, 2012

O que acontece quando bebes uma Coca-cola?

Se és fãn desta bebida, se adoras o seu sabor, então esquece não continues a ler porque vais deixar de ser tão fãn no final do post.  
English: Coca-Cola 375 mL cans - 24 packImage via WikipediaAlguma vez já se perguntou por que a Coca-Cola vem com um sorriso? Porque ele te leva às alturas. Eles removeram a cocaína quase 100 anos atrás. Por quê? Porque era redundante.
  • Nos primeiros 10 minutos: 10 colheres de chá de açúcar golpeiam o teu organismo. (100% da sua ingestão diária recomendada). Tu não vomitas imediatamente pelo doce extremo porque o ácido fosfórico corta o sabor, o que lhe permite mantê-lo baixo.
  • 20 minutos: O açúcar do teu sangue é pólvora, causando uma explosão de insulina. O fígado responde transformando todo o açúcar que pode em gordura. (E há muito neste momento particular.)
  • 40 minutos: A absorção de cafeína está completa. As tuas pupilas dilatam, a tua pressão arterial eleva-se, como uma resposta, o fígado despeja mais açúcar na sua corrente sanguínea. Os receptores de adenosina no seu cérebro são bloqueados, evitando sonolência.
  • 45 minutos: Seu corpo acelera a produção de dopamina, estimulando os centros de prazer do seu cérebro. Isso é tal e qual como funciona a heroína, a propósito.
  • > 60 minutos: O ácido fosfórico prende o cálcio, magnésio e zinco no intestino grosso, provocando um aumento no metabolismo. Esta situação é agravada por altas doses de açúcar e outros adoçantes que aumentam a excreção urinária de cálcio.
  • > 60 minutos: As propriedades diuréticas da cafeína entram em jogo. (E tens que fazer xixi.) Agora é certo que  vais evacuar o cálcio, magnésio e zinco que deveriam ir para os teus ossos, assim como o sódio, eletrólitos e água.
  • > 60 minutos: Como a rave dentro de ti acalma, vais começar a ter um choque de açúcar. Podes ficar irritadiço e/ou lento. Neste momento também já deitas-te fora toda a água contida na Coca-Cola. Mas não sem antes dissolver todos os nutrientes valiosos que o teu corpo poderia ter usado para a hidratação do teu corpo, ou a construção de ossos e dentes fortes. Isso tudo será seguido por um choque de cafeína nas próximas horas. (Ou dois se fores fumador.)

sábado, janeiro 07, 2012

Busca pelo emprego - parte I

Tenho andado desde quinta-feira ansiosa que chegasse o sábado para ir a um quiosque comprar o Jornal de Noticias, mas apenas para conseguir a oferta que começou este sábado. É um conjunto de seus livrinhos que oferece concelhos práticos e muito fáceis de pôr em prática, quais os empregos de futuro, segundo o que eles dizem, não é?
Ensina também a elaborar um currículo, e nos prepararmos para uma entrevista, mas isso será para os próximos, hoje o livro que estou a ler tem como tema ajudar a perceber qual é a área de emprego para a qual temos mais capacidade. Por outra palavras ajudar a descobrir as nossas capacidades e o que realmente queremos profissionalmente. De facto eu sempre tive muita dificuldade em responder á tal perguntar que nos faziam quando éramos pequenos: O que é que queres ser quando fores grande?
A grande maioria das crianças do meu tempo sabiam dar uma resposta mas eu nunca soube e isso tem-me dificultado um pouco nas minhas decisões porque parecia que não gostava de nada. Só na minha adolescência é que descobri a paixão pela escrita, pela televisão, pela rádio e pela fotografia. Todavia a minha família nunca me permitiu estudar nessa área e como sabem neste momento não tenho meios para pagar estudos sejam eles onde forem, e ainda por cima com as Bolsas de Formação do IEFP cortadas desde Agosto de 2011.
Adiante, no livro que comecei a ler hoje, logo nas primeiras páginas surgem três exercícios em temos se assinalar as nossas capacidades, qualidades e interesses, e o resultado foi este:

segunda-feira, janeiro 02, 2012

Um ano inesquecivel

Hoje faz um ano que fui conhecer o João, até parece que foi ontem que andava por aí toda triste com a minha ultima relação, querendo esquece-la a todo o custo. Felizmente que isso ficou bem lá atrás no tempo, cortei relações de vez com isso, até porque este ano foi dos mais felizes que eu já tive, pelo menos no que toca aos sentimentos. A minha vida e a minha família levaram uma total revolução - não sei se ainda se lembram mas eu escrevi aqui um post sobre o efeito borboleta - e para melhor, só ficou mesmo a falar uma coisa que espero com todas as minhas forças poder encontrar neste ano que agora começa: emprego. Sim, um emprego decente é que só o que me falta para ter uma felicidade total em todos os campos, com o emprego já posso finalmente juntar com o João e quem sabe para o final deste ano ou no próximo pensar em aumentar a família, porque se eu já estivesse a trabalhar as lutas entre mim e os meus pais já teriam terminado, se bem que diminuíram bastante, no entanto em certas coisas eles ainda continuam a mandar em mim. Mas não é sobre as guerras que eu quero falar, ontem quando chegámos a casa dos meus pais para almoçar a minha mãe deu-nos logo um abraço de bom ano novo, um de cada lado dela. 
Depois do almoço, o meu pai apanhou-me sozinha e veio falar comigo, disse-me então que na opinião dele preferia que nós viessemos morar para Belas em vez de irmos para a casa da minha avó, e eu claro que também sou desse opinião e disse-o a ele, e também já falei com o João, só falta nós falarmos com a minha mãe, e quanto á minha avó ela vai ter que se conformar e perceber que não lhe adiante fazer cenas de miúda de 15 anos nem chantagem emocional, ela já fez a vida dela e eu pretendo fazer a minha ao lado de quem amo!

domingo, janeiro 01, 2012

Capricornio 2012

CARTA DE INFLUENCIA – X A RODA DA FORTUNA

2012 é um ano muito positivo para Capricórnio, que pode alargar horizontes, expandir actividades e obter fortes melhorias, nalguns casos poderá consolidar progressos obtidos anteriormente. A RODA DA FORTUNA aconselha Capricórnio a expressar com intensidade todas as suas ideias e intenções; quanto mais investir, maior o retorno.

AMOR – A vida sentimental assume este ano muita importância para os nativos de Capricórnio que passarão por momentos que marcarão para sempre as suas vidas. De facto, os capricornianos terão vontade de avaliar a sua vida, perspectivar o futuro, sentir maior segurança. Terão por isso momentos mais racionais mas, será a paixão que marcará com maior ênfase o dia a dia destes nativos. Quem está só , quando menos esperar e donde menos esperar vai surgir o amor .



PROFISSÃO E DINHEIRO - A linha de evolução do ano é ascendente embora muito se deva às suas posturas, iniciativas e atitudes de luta e combate. A vida económica está sob controlo e não haverá retrocessos em relação a qualquer situação em curso. Novas propostas ou novos investimentos oferecem boas perspectivas e devem acontecer mas os resultados não serão imediatos. Em 2012 Capricórnio lança fortes bases de futuro.

SAÚDE E BEM ESTAR – Necessita de perder algum peso ou regular as oscilações ponderais; alguns problemas ósseos, reumatóides ou musculares poderão ter a ver com o facto de não ter o peso ideal. Pequenos acidentes podem valer-lhe pequenas lesões ou fracturas. Viva o ano com cautela mas na verdade, este sector da sua vida tem os impactos negativos muito atenuados.

MESES MAIS FAVORÁVEIS: Junho, Outubro e Dezembro

MESES MAIS TENSOS: Fevereiro, Abril, Agosto e Novembro

LIGAÇÕES MAIS PROTEGIDAS com Fogo: Carneiro, Leão e Sagitário.
Para signos de Fogo e Terra
Para signos de Ar e Agua
 

Leão 2012

CARTA DE INFLUÊNCIA – VII O CARRO

2012 é um ANO de movimentações rápidas e oportunidades para os nativos de LEÃO. O CARRO movimenta-se trazendo novos acontecimentos que actuam em favor dos nativos que influenciam. Não deve, de forma alguma, desviar-se dos caminhos traçados. Em 2012 os resultados serão proporcionais à convicção e coerência.

AMOR – A conjuntura na vida sentimental é de renovação e progressos. Momentos de grande paixão e sonho estão na conjuntura; é necessário que aposte firmemente no amor. 2012 é ano de melhorar afectos e ano de novos relacionamentos . As rupturas serão irreversíveis.



PROFISSÃO E DINHEIRO – Colhe boas influências no que respeita à vida profissional; os seus gestos, actos, performances, opiniões e ideias farão toda a diferença num grupo de trabalho podendo mesmo dizer-se que será imprescindível e incontornável. Deve fazer uma gestão muito equilibrada do seu dinheiro. Não há dúvida que precisa de fazer contas, contudo o ano é globalmente positivo. Alguns assuntos económicos ou judiciais podem conhecer evoluções muito favoráveis. Em suma, 2012 é um ano mais gratificante do que seria de esperar.

SAÚDE E BEM ESTAR – este sector apresenta bons indicadores embora deva promover pequenos cuidados. Evite estar muito tempo de pé e controle a retenção de líquidos. Em 2012 não pode, de forma nenhuma, aumentar peso.

MESES MAIS FAVORÁVEIS – Março, Maio e Novembro

MESES MAIS TENSOS – Janeiro e Junho

LIGAÇÕES MAIS PROTEGIDAS com signos de Terra, Touro, Virgem e Capricórnio
Para signos de Fogo e Terra
Para signos de Ar e Agua

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...