Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

quinta-feira, setembro 29, 2011

Chicoteada

Esta noticia revoltou-me profundamente, não há direito. Está da hora destes países deixarem de tratar as mulheres como se fossem animais. Nós temos tantos direitos como os homens e nem os proprios animais são tratados desta maneira, isto para mim é desumano. 

As autoridades sauditas decidiram punir Sheima Jastaniah com diversas chicotadas em público devido a ter conduzido sem autorização.


Nestas sociedades os direitos humanos não existem paras as mulheres pois, uma mulher pretender votar nas eleições municipais tem de ser  acompanhada por um homem, se pretende viajar para o estrangeiro o seu marido tem de autorizar. Isto é super estupido! Nós não somos os animal de estimação dos homens, se temos que os respeitar eles também têm que nos respeitar. As chicotadas vão ser aplicadas nas costas da mulher na praça pública da sua cidade. As autoridades pretendem que a atitude de Sheima seja vista como um exemplo para futuras infrações de senhoras condutoras.
Em maio, as autoridades da cidade de Al Khobar prenderam Manal al Sharif ,  uma assessora de segurança informática de 32 anos, que optou por conduzir  o seu veículo por diversas vezes e exortou outras mulheres a adotarem a  mesma atitude através de um vídeo colocado no YouTube . 

As autoridades desta cidade do leste da Arábia Saudita obrigaram Manal  al Sharif a assinar um documento onde se comprometia a não voltar a conduzir,  e foi libertada após 13 dias na prisão. 

terça-feira, setembro 27, 2011

Quebrar o Ciclo

Não sei se o João leu o post anterior, mas a verdade é que ele mudou de ideias, o que me deixou muito mais aliviada. Já me veio dizer que o melhor é gozarmos a nossa casa de Belas e só quando a Bia nascer é que pedimos á minha mãe para fazer as obras e então nos mudamos. Assim podemos ter algum sossego os dois, e além do mais há certas e determinadas coisas as quais não me sinto á vontade a fazer sabendo que estou  a morar a dois passos da minha mãe e da família toda. E se há coisas que eu amo e prezo muito é a minha privacidade e a minha intimidade e as nossas mães não precisam de saber se o nosso companheiro nos dá gozo e nos faz ir á lua.
O problema agora vai ser convencer a minha mãe da nossa vontade e que ela não faça já as obras lá. Coisa que não vai ser fácil, conhecendo a minha mãe e sabendo o que ela já me disse uma vez! 
Vai ser outra guerra, mas pelo menos agora já não estou sozinha. O João vai-me ajudar, a minha mae tem de ver que eu não sou uma marioneta, que tenho vontade própria, e o direito de morar onde e bem entender mas também tem de ver que eu não a vou abandonar.
Cada vez se torna mais crucial que eu consiga trabalho estável, seja lá onde for, agora o que conta é terminar o curso das unhas de gel e procurar trabalho rapidamente!

Wish me Luck.

domingo, setembro 25, 2011

O Ciclo

Desde o inicio deste mês que ando a sentir coisas muito estranhas, e que me assustam muito. Quem me conhece bem sabe que sempre quis sair de casa, ter a minha independência, a minha vida e não precisar de andar sempre a pedir.
E há anos que luto para o conseguir sem nunca obter resultados até ao dia em que conheci o João. Ele mudou a minha família em muitos aspectos, é certo, mas nem todos.
Desde o inicio deste mês que ele anda com muitas ideias de querer morar aqui também,- para não  termos que pagar tantas contas - fazerem-se obras e mudar-mo-nos para aqui.
Eu sinto que o ciclo se está a repetir e já influenciou o João, eu sinto-me no lugar da minha mãe, a diferença é que eu fiz montes de cursos para conseguir trabalho apesar de nenhum deles ser aquilo que eu realmente gostava. E a ultima coisa que eu pretendia era ficar aqui e ainda por cima dependente de alguém!
Eu sou feliz com ele, mas sinto uma revolta enorme dentro de mim pelo facto de não me estarem a querer prender aqui!
Amei a casa de Belas mal entrei nela, amava ainda mais poder viver lá um ou dois anos até a Beatriz nascer.
Eu julgava sinceramente que este ciclo já se tinha quebrado, e que eu ia conseguir viver noutro lado, mas não, há sempre aquelas correntes malditas que me seguram os pulsos e me seguram aqui.
Ele diz que vai ser diferente, porque vamos ficar com uma casa só para nós e que ninguém se vai intrometer porque ele não vai deixar, mas eu continuo a achar que vai ser a mesma coisa, porque acabo por nunca deixar a casa dos meus pais, acabo por nunca deixar o ninho onde nasci para ir fazer o meu próprio ninho.
E o pior disto tudo sabem o que é? É a minha mãe me dizer: Eu não te vou deixar sair daqui.

sábado, setembro 24, 2011

O que é um Loop informático?

Trata-se de uma terminologia usada pelo pessoal de informática para definir uma situação do tipo "pescadinha-de-rabo-na-boca".
Diz-se que um programa "entrou em loop" quando acontece uma situação do tipo exemplificado abaixo:

O Director chama a sua secretária e diz:
- Vanessa querida, tenho um seminário na Argentina, durante uma semana, e quero que me acompanhe. Por favor, faça os preparativos para a viagem.

A secretária liga para o marido:
- João! Vou viajar para o estrangeiro com o director por uma semana. Cuida-te querido!

O João liga para a amante:
- Elvira, filha. A bruxa vai viajar para o estrangeiro por uma semana. Vamos estar juntos, minha princesa ...

 No momento seguinte, a amante liga para casa de um menino a quem dá explicações particulares:
- Luizinho, na próxima semana estou com muito trabalho e não vou poder dar-lhe as explicações....

A criança liga para o seu avô:
- Avozinho, nesta próxima semana não tenho explicações, a professora vai estar muito ocupada. Vamos passar a semana juntos?

O avô (que é o director desta história) chama imediatamente a secretária:
- Vanessa! Suspenda a viagem, vou passar a semana com o meu neto, que não vejo á algum tempo, por isso não vamos participar no seminário. Por favor, cancele a viagem e o hotel.


A secretária liga para o marido:
-  Ouve João querido! O idiota do director mudou de ideias e acabou de cancelar a viagem.

quarta-feira, setembro 21, 2011

Ódio desmedido

Este sonho tanto pode ser um reflexo do inconsciente com uma pura realidade, mas seja o que for, a verdade é que ultimamente tem-me dado para sonhas com antigas colegas de turma, mais especificamente aquelas que não gostavam de mim nem eu delas. Desta vez calhou uma rapariga que conheci no 5º ano, e que a minha melhor amiga também conheceu quando esta se mudou de escola, e que voltei a ver no 10º ano, quando conheci a minha melhor amiga.
Resumindo, eu estava numa casa, no primeiro andar a falar com essa colega, sempre no seu tom emproado achando-se superior aos outros, ela tinha-me pedido - quase como se fosse uma ordem -  para eu vir ao rés-do-chão dizer ao inquilino que tinha de sair porque ela simplesmente não o queria lá. Eu comecei a sentir o ódio e o desprezo dela em cada palavra. E assim fiz, desci as escadas e entrei na portinha, a casa estava numa bagunça total, e quem é que eu vejo muito timido, atrás de uma caixotes como se fosse um miudo abandonado? O Michael Jakson. Fiquei pasmada, o que é que ele estava a fazer ali? Mas entreguei-lhe o recado, e percebi de imediato que mais valia não o ter feito por chorou ainda mais alto dizendo que ela não podia fazer isso com ele porque não tinha onde ir viver.
Michael JacksonEu sabia que ela não ia desistir, e sentia o ódio dela. Depois, na rua, vi uma vizinha que conversava com outra, e elas é que me disseram que ela só estava a fazer isto porque queria ficar com o que era meu, queria ser como eu, e então tinha que se livrar de mim e o unico meio era expulsar o Michael de casa. Estranho, não? Mas era isso. Sempre achei curioso a forma como em sonhos mesmo o que não tem sentido faz sentido, e depois quando acordamos temos a sensação de que não há nada que ligue os elementos do sonho.
Quando acordei ainda estava com essa sensação de ódio por parte dela, mas será que de alguma maneira ela ainda me odeia por algum motivo? De todo o modo nunca lhe diz mal - embora numa determinada altura tenha tinha muita vontade de lhe dar uma valente açoitada, mas enfim - foi ela que provocou as coisas pelas próprias mãos nos tempos de escola.

terça-feira, setembro 20, 2011

Já não era sem tempo!!

Hoje tinha tirado o dia para responder a anúncios de emprego, ainda fui a uma entrevista no Forum Sintra, mas vi logo que aquilo era muito luxo para mim e a senhora era muito esquisita e mandou-me logo embora, por este andar vai continuar à procura de alguém para a vaga. 
Entretanto vim almoçar e á tarde fiz mais uns telefonemas e marquei outra entrevista.
Nails mended 08/22/09Image by B_Zedan via FlickrJá me sentia tão desmotivada que até me passou pela cabeça nem ir, mas enfim, ficava perto, e vendo bem até nem me custava nada lá ir e tinha tempo até o João sair do trabalho. E fui, ao chegar lá pensei: Se calhar vou voltar de mãos a abanar e vai ser apenas mais uma. Entrei e disse ao que vinha, a senhora falou um pouco comigo e eu disse o que fazia e inclusive estava a terminar o curso de unhas de gel.
Ela imediatamente me disse: Sabe eu preciso de uma pessoa para ontem, e se quiser pode começar já amanhã. E visto que faz unhas de gel para mim até é melhor. Fiquei radiante!
Finalmente consegui. Amanhã vou trabalhar num salão de cabeleireiro no Cacém, fazendo manicure e pedicure, até aqui já me valeu a pena fazer o curso. Estou tão contente que só me apetece dar pulinhos. 
E melhor ainda é que posso ter uma ou duas manhãs por semana para terminar o curso de unhas de gel, o que é excelente.

segunda-feira, setembro 19, 2011

Em palco

A noite passada tive um sonho que por um lado até me deixou contente, mas outro confusa, como sempre. Sonhei com duas raparigas que conheci na escola primária, eu sempre lhes chamei as convencidas  porque elas sempre se acharam as melhores, sempre pisaram os outros (eu) conforme queriam e parecia que tudo saia ao jeito delas, tinhas as melhores roupas, os melhores cadernos, os melhores sapatos, as melhores canetas e é claro os mimos todos da professora - sim, isto é a minha criança interior a falar e super revoltada porque na primária só apanhou foi puxões de orelhas nos exercícios de matemática e passava os recreios sozinha ou era apanhada das armadilhas dos colegas para lhe baterem.
Jon Bon Jovi on stage live at Dublin May 2006.Image via WikipediaEsta é uma parte do sonho, a outra parte e a melhor, foi o Jon Bon Jovi ter aparecido por la. Por outras palavras, sonhei com essas duas colegas de escola e que estávamos a ver um concerto dos Bon Jovi - que eu gostava tanto de ter ido mas a minha carteira não mo permitiu - e a dado momento ele chama-as para o palco, e claro que como elas eram as melhores em tudo também eram as melhores a cantar, só para eu ficar ainda mais roidinha. No entanto, o Jon cantou uma musica em dueto com uma senhora negra vestida de vermelho e á espanhola, ela veio ter comigo e eu cantei uma parte da musica numa voz tão unica e tão melodiosa que tudo á volta se calou só para me ouvir. Então o Jon sorriu ao mesmo tempo que o publico vibrava de uma maneira estonteante, e ele chamou-me e cantámos  todas as canções para inveja e revolta das outras duas que foram postas de lado. 
Eu tinha passado a ser o centro de todas as atenções, mas o melhor de tudo nem era isso, o melhor era ter a noção que mesmo não estando fisicamente num concerto dos Bon Jovi, pelo menos estive lá espiritualmente. Agora o que tudo isto significa a nível de inconsciente, vai-se lá saber?


quinta-feira, setembro 15, 2011

O Metro de Sete Rios

Desde que ando no curso de manicure, desde que ando para cá e para lá, nas minhas andanças de todos os dias, que vejo sempre as mesmas pessoas a pedir. Eles não têm ar de mendigos, mas é o que são, então porque andam eles a pedir? Eu vejo homens cegos, mulheres a tocar flauta, etc. E não são assim tão poucos, e segundo me contaram, na estação do Marquês de Pombal são ainda mais. 
De cada vez que os encontro só me lembro daquele filme Who wants to be a Billionaire, do jovem da Índia que conseguiu fugir aos seus raptores.
Raptores esses que recrutavam crianças para as cegarem, ou algo pior, e atirarem com elas para o mercado negro, fazerem delas uma fonte de negocio e de rendimento. O filme emocionou-me e fez-me pensar, apesar de ter um final lindo e super romântico.
Até pode nem ter nada a ver, se calhar eles andam a pedir apenas porque ninguém lhes dá emprego, mas talvez essa não seja uma boa desculpa porque tenho a certeza que há muita gente com este e outro tipo de deficiências e aposto que não precisam de andar no meio do metro e pedir esmola a cada passageiro com que se cruzam. 
Não há ninguém que os ajude? Quem são estas pessoas? De onde vêm? E porque andam a pedir?

sábado, setembro 10, 2011

Come What May


And there's no mountain too high no river too wide
Sing out this song and I'll be there by your side
Storm clouds may gather and stars may collide
But I love you until the end of time
~*~ Moulin Rouge







sexta-feira, setembro 09, 2011

Sabiam que...

...também existe a fobia de conduzir?
Chama-se Amaxofobia e é determinada por um medo irracional de conduzir, diferente da apreensão inerente à grande circulação diária de veículos, circulação nocturna ou mau estado do tempo, circunstâncias capazes de dificultar a condução.

A Amaxofobia evidencia-se quando o trânsito passa a ser percebido como uma ameaça irracional gerando  níveis de ansiedade e stress anormais. A ansiedade surge da experiência com eventos adversos que intensificam processos internos, além de suprimir alguns comportamentos operantes.
A sensação de falta de controlo que esta experiência desconfortante produz, seguida por uma série de pensamentos catastróficos a respeito da experiência, causa um choque emocional e um forte receio diante da possibilidade de que a crise se repita e produza realmente um acidente rodoviário.

terça-feira, setembro 06, 2011

Sabiam que...

...existem alimentos que tornam os dentes mais brancos??
Nem eu própria sabia, tinha uma vaga ideia de que era bom comer maçãs, mas daí a que o que comemos também seja benéficos para os nossos dentes vai uma longa distancia, mas é verdade. E dentro de toda a variedade daquilo que comemos existem dois grupos, os que têm a função de raspar e os que tem a função de pulir. 
Os primeiros ajudam a remover as bactérias que formam a placa de tártaro. Dando o aspecto de cor amarelada aos dentes se não for removido de imediato. Os frutos e vegetais “raspadores” são bons devido à sua função abrasiva de esfregar os dentes. São ainda estimulantes de produção de saliva, evitando que a placa se forme. São eles:
  • Aipo
  • Cenouras
  • Couve-flor;
  • Maçãs;

Morangos e laranjas são óptimos para polir os seus dentes. Esfregar uma casca de laranja ou morangos nos seus dentes e lavar de seguida a sua boca com água fará com que após alguns meses note os seus dentes mais brancos.
Produtos lácteos como iogurte, leite e queijo contêm ácido láctico que ajuda a proteger contra a deterioração dentária. Os queijos duros são melhores para branquear os seus dentes pois também ajudam a remover partículas de comida.
Será que agora vai mudar alguma coisa na sua dieta?
 

segunda-feira, setembro 05, 2011

Não é ficção

Hoje finalmente consegui a minha revista favorita e na capa vi logo um tema que me intrigou. Era sobre o amor á primeira vista, pois sempre se perguntou se seria possível ou não, eu acho que só tem passa por isso é sabe.
Depois no artigo também diz que existem quatro fases do encantamento: contacto visual, sim ele estava lá a minha espera nos cinemas do colombo, sorri e aproxima-te, sim era impossível não sorrirmos um para o outro, conversa de circunstancia, claro, estás-se mesmo a ver que ele se ia ficar pelo Olá, não era? Atracção mutua, acho que essa já tinha acontecido há algum tempo. 
Pois bem, eu digo que não é fantasia coisíssima nenhuma! O amor á primeira vista é possivel e aconteceu comigo, e não foi apenas uma paixãosita que cresceu com o tempo. Para quem lê o blog há pelo menos oito meses sabe que conheci o João através de um chat e que logo no primeiro dia que nos vimos ele puxou-me e beijou-me e desde então nunca mais o deixei nem ele a mim e espero que assim continue.
A cada dia que passa sinto-me mais e mais apaixonada por ele, como se a nossa relação se renovasse todos os dias, pois a atracção que sentimos um pelo outro está sempre a aumentar. Partilhamos tudo, não há segredos entre nós, e cada um respeita a outro, como deve de ser entre um casal.

domingo, setembro 04, 2011

10 Mandamentos do Aspirante a Escritor

Encontrei isto através do facebook, mas gostava de partilhar aqui, até porque tanto eu como a minha melhor miga ainda temos o sonho de um dia conseguirmos ser escritoras de verdade, eu já sei o primeiro passo, mas acho que foi muito curto, estou a pensar em arriscar e dar um passo um pouco maior. Mas enquanto isso não acontece aqui ficam os 10 Mandamentos do Aspirante a Escritor.

1. Não esperes demasiado dos amigos de que seria lógico esperar algo. [A colega que conhece «demi-monde» e divulgará a tua obra, a parente de um próximo, que se dá com escritores famosos, e promete mostrar-lhes o teu trabalho, o jovem que te fará uma entrevista decisiva: verás que, no momento em que precisas, têm mais em que pensar].
2. Mantém-te atento a todos os de que nada esperarias: subitamente, um deles poderá ser, para a tua obra, a mão eficaz do destino.

sábado, setembro 03, 2011

Dois mundos, Uma realidade

Estava a correr por um tunel muito escuro, e tão humido que a água escorria e pingava das paredes e do tecto, corria para fugir de alguém que vinha a trás de mim. Era um grupo enorme, todos eles vestidos de preto com longas capas e varinhas na minha mira. Eles estavam cada vez mais perto e o tunel não tinha saida. 
Até que vejo alguém que começa a correr ao meu lado, vem comigo, afinal ainda havia uma curva e ao fundo um lance de escadas em caracol, só no fim das escadas não havia mais nada, estávamos encurralados.
Os homens das capas estavam á nossa frente e dois deles mostraram as faces, um era moreno e de cabelo comprido, o outro era loiro e de cabelo curto mas com um olhar cheio de raiva, eu sempre te odiei Harry. Não consegui acabar contigo, porque precisava de ti para matares o Voldemort, sabia que só tu o conseguias fazer, mas agora já me posso livrar de ti. Fiquem estática a ver o que acontecia, quando me apercebi de que tinha uma varinha azul na minha mão, não pode ser, pensei, mas era, a tatuagem do tubarão estava marcada na minha pele. Agarrei no braço do Harry e perguntei, confias em mim? Ele olhou-me de forma desconfiada, mas lá disse um tímido sim, então salta! Saltámos os dois ao mesmo tempo e ao tocar no chão este transformou-se em água e conseguimos passar, caindo nas catacumbas que ficavam por baixo. Só ele conhecia aqueles túneis, e ao fim de algum tempo a andar, e o meu corpo a ficar coberto de escamas, encontrámos a saida e uma Hogwarts toda desfeita. Obrigado por me ajudares. Disse ele, não, eu é que te agradeço, foste tu que me ajudas-te. ~*~


~*~ Não como nem porquê, mas este foi o sonho que tive na noite passada e que me inspirou para desafiar a minha melhor amiga a escrever uma fic, caso ela aceite o desfio.

 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...