Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

quarta-feira, agosto 31, 2011

E já cá estou!

Já voltei da minha aventura. Adorei! O caminho até é mais fácil do que eu estava a pensar e como saí cedo nem apanhei transito, apenas o costume ao sair de Lisboa mas de resto foi sempre a andar.
Cheguei á Sertã eram 10:30h, descansei, almocei e depois por volta das 15h vim para baixo com o João. Ambos ansiosos, por termos o nosso momento para matar as saudades todas.
O meu carro não é de grandes velocidades mas ainda o consegui manter nos 100km/h mas a dada altura o cansaço já era visível e a chuva obrigava-me a ser mais prudente e a diminuir a velocidade. Estava cada vez com mais vontade de me esticar numa cama e dormir pelo menos meia hora.
Sim, o dia estava a ser perfeito até a minha mãe resolver me ligar para me dizer que tinha ir fazer o jantar no meu irmão, que tem 23 anos mas não saber por uma costeleta ao lume nem aquecer um tacho com massa. E assim, fui apenas deixar o João a casa e tive de voltar para a minha função de babysitter!
Resta dizer chuvia a potes, o transito estava infernal, o meu pescoço e pernas super doridos, e os meus olhos a pedir umas merecidas horas de sono...

Shot in The Dark

Fui deixada p'ra trás,
Como se não valesse nada,
Tenho suplicado por ajuda, 
Porque não consigo sozinha,
Porque não sou inútil!


I've been left out alone
Like a damn criminal
I've been praying for help
'Cause I can't take it all
I'm not done it's not over

Now I'm fighting this war since the day of the fall
And I'm desperately holding on to it all
But I'm lost, I'm so damn lost

Oh I wish it was over
And I wish you were here
Still I'm hoping that somehow
~*~  Shot in the Dark

É hoje!

Sim, quando estiverem a ler isto já estou estou a caminho.
Vou arriscar nesta aventura, mesmo com chuva, e vou ter com o meu namorado à Sertã, depois conto como correu. E sim, adoro dar um bocadinho de adrenalina à minha vida! Mas com juizinho, claro.


domingo, agosto 28, 2011

Censurado na China

Todas as raparigas (e alguns rapazes) da minha geração gostam desta canção e não deve de haver ninguém que não comece a cantarolar quando ela toca no rádio.



Pois bem, hoje acabei de saber que esta musica - entre outras - foram censuradas na china, isto porque existe uma "directiva de 2009, que determina que canções com “conteúdo vulgar e de mau gosto” são censuradas". Agora os senhores chineses expliquem-me o que é que este clipe ou a letra tem de mau gosto?? Diga-me lá porque eu realmente não entendo!
Para concluir este post só resta dizer que eu sou e sempre serei uma fã incondicional dos Backstreet Boys, daí toda a minha indignação, mas felizmente não faço tensões ir parar à China.

Fonte: Jornal Angola

sábado, agosto 27, 2011

No interior de Portugal

Para quem achava que Braga era o único sitio para se estar sossegado, porque tinha - e tem - várias semelhanças com Sintra - falta-lhe apenas estar a 20 min da praia -, até que me enganei redondamente, pois o interior de Portugal tem-me surpreendido muito, nunca pensei que fosse encontrar lá tanto sossego e tanta paz. Para quem como eu adora estar em comunhão com a Natureza é o local ideal. E para mostrar isso mesmo, eis aqui uma foto de uma ponte romana. 
A ponte da Carvalha ou ponte romana como também é conhecida, é uma ponte de estilo romano, com 64 metros de comprimento, e seis arcos de alvenaria, situada na vila da Sertã, bem no centro de Portugal.


O unico senão é mesmo o não haver nada perto, tem que se ir de carro para todo o lado, porque para fazer as compras de todos os dias só mesmo no centro da vila.

sexta-feira, agosto 26, 2011

Desafio ou Aventura??

Decididamente este amor mudou por completo a minha vida e forma como vejo as coisas. Aqui há uns aninhos, e não são precisos muitos, nunca eu me imaginava tão feliz nem tão saída da casca como se costuma dizer.
O João propôs-me um desafio, que sem duvida vai ser uma das minhas maiores aventuras, maior ate do que ir a Braga de comboio sozinha. Este desafio vai levar-me até á Sertã de carro, mas agora vou ser eu a conduzir, sozinha, apenas com um mapa do google ao meu lado.
Alguma vez, recuando um pouco no tempo, eu seria capaz de um loucura destas?? Nem pensar! 
A outra parte do desafio, e que é uma única que permite que tudo isto seja possível é que os meus pais não vão saber, vai ser ir cedo como se fosse para o curso, e voltar no mesmo dia. Espero que o meu carro esteja á altura desta epopeia.
Estou tentada a aceitar, sendo que o prémio é voltar com ele no bando do pendura e provavelmente dormir.
Por outro lado sabe bem de vez enquanto dar uma de rebelde e expandir horizontes.

terça-feira, agosto 23, 2011

Tão fofo

Eles são super fofos quando são pequeninos e toda a gente se derrete com as suas brincadeiras.

segunda-feira, agosto 22, 2011

Um dia unico

Como tudo o que é bom acaba depressa ontem terminaram as minhas férias  na Sertã. Foram duas semanas espectaculares.
O real motivo desttas duas semanas foi também por causa do casamento do irmão do meu namorado, e foi também por causa disso que estes dias se tornaram especiais.
Foi o primeiro dia em que me fartei de beber e me sentia muito porreira, desde o branco ao tinto na hora de almoço com sopa de peixe e filetes de cherne, passando pelo Balyies no final com um café, não esquecendo  uma cerveja entre cada dança com o João, e um wisky com coca-cola, já eram  onze da noite, naquela véspera do meu aniversário queria era simplesmente divertir-me.  
O casório foi no sabado dias 13, e já se sabe que estas festas duram enquanto a malta aguentar, e nesse dia o João tinha uma surpresa reservada para mim, após a meia-noite, todos os que ainda se encontravam no restaurante cantaram-me os parabéns - eu gostei é verdade, mas não sei porquê inicialmente só tinha era vontade de fugir, mas sim, foi muito engraçado e gostei  muito da surpresa.
Resta dizer que me deitei já passava das três da manhã - mais tarde que isto só uma vez em Braga quando fiquei com a minha amiga a ler Tarot até ás quatro da manhã - e dormi na cozinha num colchão de ar muito agarradinha ao João, e houve quem dormisse na sala e até a rua, porque houve malta que só se lembrou de reservar hotel á ultima hora depois já não havia e tiveram que ficar lá em casa da mãe do João.
Durante a semana andámos a comer as sobras do casamento, todos os dias ao lanche era uma taça de arroz doce, e tostas com sumo - das que eles tinham levado lá a casa para os convidados petiscar antes das fotos -  á noite depois do jantar, era sempre um café por vezes acompanhado de uma fatia de bolo de noiva.
E assim se passaram duas semanas, as fotos vou colocá-las mais tarde no facebook, porque ainda não tive tempo de as tirar da máquina.

quinta-feira, agosto 18, 2011

I love England

Eu sempre desde muito pequena, quando o meu pai ia a Inglaterra em trabalho e me trazia uma barbie, que amo a Inglaterra, não é apenas pelas Barbies, não apenas pela monarquia, é sim porque me fascina os seus monumentos, os seus palácios, porque adoro falar em inglês, ler em inglês, porque amo o seu sotaque, porque adoro as suas casa, o seu modo de vida, porque gosto das ruas cheias de flores. E nunca fui a Inglaterra!

Revolta-me tudo o que têm destruido naquelas ruas, revolta-me que sejam apenas crianças e miudos jovens demais para saberem o quanto custa ter um emprego e trazer dinheiro para casa, o quanto custa montar um negocio proprio e mantê-lo para que o pãp nao falte na mesa e as dividas sejam saldadas.
Mas se eles são "adultos" o suficiente para fazer tudo isto, também o são para serem devidamente castigados.

Todos nós deviamos ser como esta senhora que sozinha enfrentou estes jovens, todos nós devianos ser capazes de parar quando as coisas estão a ir longe demais..



sexta-feira, agosto 12, 2011

Estou onde não estou...

Não gosto nada de acordar com aquela sensação. A pensar se aquilo que vi foi verdade ou não, e só mais tarde, quando me levanto e passo água fria na cara e me olho ao espelho é que vejo que não foi real, apenas mais um sonho estranho... muito estranho.
Acordei hoje de manhã, como seria de esperar, ao lado no João, e respirei de alivio, já era a segunda noite que tinha o mesmo tipo de sonho. Sonhara que, apesar de estar com o meu namorado de férias, que estava com os meus pais, no primeiro sonho, estava com eles num super mercado ás compras e dei por mim muitas vezes a perguntar, mas que raio estou aqui a fazer, se estou na Sertã, não devia estar aqui. E andava durante todo o sonho com medo, que os meus pais me dissessem qualquer coisa e me impedissem de voltar para o João.
Na segunda, ou seja hoje, sonhara que tinha ido a casa da minha mãe almoçar e que subitamente que tinha lembrado de que não podia estar ali e que tinha de voltar rapidamente para casa do meu namorado, mas aí quando vou pegar no meu carro, este faz um barulho estranho no motor e ela põe-se á minha frente abrindo o capôt para ver o que se passava. Então chega alguém, que eu nunca vi na vida e que tinha um carro de dois lugares, branco, talvez fosse um seat ou um renault, e ela perguntar se eu posso levar o carro. Só que o travão de mão dele não se puxava da mesma maneira, em vez de ser para cima para travar era para atrás e para a frente e eu estava super assustada porque nunca descida não conseguia parar o carro nem fazer ponto de embraiagem para dar a voltar a trazer o meu carro, não importava o seu estado!
Depois disto só me lembro de acordar, e de dar graças ao Universo por estar ao lado do João e por não ter que ouvir mais um sermão dos meus pais quando eles pensam ou imaginam que eu lhes estou a mentir...


    quarta-feira, agosto 10, 2011

    Férias!!

    Sim, para mim não serão propriamente férias porque essas já as tenho por força do desemprego que não larga, mas serão sim umas férias da capital, de Sintra, do Facebook e muito certamente do meu blog.
    Sim, vou duas semanas para a Sertã! 
    Yup, isto para mim é inacreditável. A minha mãe deixou-me ir passar duas semana inteirinhas com o João. Não sei o que a fez mudar de ideias, mas ainda bem, porque senão tinha de voltar de auto-carro sozinha logo no dia 16, e isso seria muito mau.
    Vou hoje á tarde depois de almoço, logo quando estiverem a ler isto já eu estou a sair de Lisboa, e só regresso no domingo dia 21 de Agosto. É isso mesmo, pela primeira vez na minha vida vou passar o dia dos meus anos (dia 14 de Agosto) fora de casa, e o melhor de tudo é que estou com o meu namorado!


    segunda-feira, agosto 08, 2011

    A Caverna da Falésia

    Mais tarde depois de jantarmos os dois, contei-lhe a minha bizarra entrevista, e ele só se ria, depois contou-me que lá no trabalho dele andaram os auditores, mas que um deles, com aspecto de louco, não parava de olhar para ele. Ele até brincou com a situação dizendo que ele devia ser gay ou algo parecido.

    Uma semana depois, estava um dia de sol e calor digno de uma tarde passada na praia, felizmente era a folga dele e fomos aproveitar o dia depois de almoço, fiz um lanche para nós, arrumei um saco com as toalhas e o protector solar, e lá fomos.
    A praia estava realmente cheia, tanto que tivemos que dar algumas voltas com o carro para encontrarmos um lugar, não foi fácil, a segunda tarefa complicada fui encontrar um cantinho na areia que escaldava a sola dos pés a cada passo. O João já farto de andar a areia, largou o chapéu de sol.

    Ficamos aqui.

    Eu também já estava uma pouco cansada de procurar um lugar e concordei com ele, olhei para trás, dava para ver onde tinha o carro estacionado e tudo. Ele despiu-se logo, estendeu a toalha por baixo do chapéu de sol, eu fiz o mesmo e deitei-me ao lado dele passando-lhe o protector solar para mo pôr nas costas.
    Perto de nós estava uma criança pequena a brincar na areia, fazendo castelos e escavando como se fosse encontrar um tesouro perdido em 50 cm de profundidade.

    sábado, agosto 06, 2011

    Photoshop

    Toda a gente sabe que eu de vez enquando adoro brincar com este programa e criar umas montagens ou uns efeitos originais nas fotos que tiro. E é evidente que praticamente todas a imagens que nos rodeiam são tratada com o photoshop, e claro que se conseguem fazer autênticos exageros, apenar de ficarem lindas. Foi o que aconteceu com uma publicidade da Loreal.
    Desta vez foi uma campanha da marca L'Óreal com as estrelas Julia Roberts e Christy Turlington que foi banida no Reino Unido, na sequência de uma queixa de uma parlamentar do partido Liberal Democrata, avança o "Guardian."

    Jo Swinson acusou as imagens de serem demasiado perfeitas para a realidade, sendo impossível que os produtos conseguissem aqueles resultados. 


    A atriz norte-americana fazia anúncio a uma base natural, enquanto  a modelo apresentava um produto anti-envelhecimento, que prometia verdadeiros milagres às mulheres.

    quinta-feira, agosto 04, 2011

    Inesperado

    Hoje tive uma situação engraçada mas no fundo sem graça nenhuma. Enquanto esperava pelo metro, super descontraída, porque vou sempre cedo e mesmo que perca um ou outro não há problema, encontro um antigo professor de multimédia, o prof. Zairo - Sim é o nome é mesmo este porque ele é meio mulçumano, acho eu, mas é porreio - ele dava aulas de flash e encontrei-o na estação do Jardim Zoologico. 
    Ambos fizemos uma careta um ao outro porque não nos estávamos a reconhecer à primeira, - o curso que fiz já foi em 2005 por isso é normal - e isso é que fez com que tivéssemos a certeza. 

    Ele perguntou-me como iam as coisas porque há muito que não me via, blá, blá, blá, blá! E eu contei-lhe que estava desempregada e ele perguntou se eu já tinha feito algo na área da multimédia e disse-lhe que não. 
     
    Pois, está complicado, felicidades. 

     Foi só o que me respondeu. E com isto foi-se embora, e eu fiquei a pensar, se ele me pusesse a trabalhar em vez de estar com m***, aí sim eu era feliz.

    quarta-feira, agosto 03, 2011

    Aquele sorriso...

    Hoje tive um daqueles sonhos estranhos. Parecia que a regra era sonhar com os namorados e os ex-namorados, mas desta vez a regra foi quebrada, por um lado ainda bem, mas por outro não sei.
    Sonhei com o meu padrinho, sonhei que ele vinha apanhar o feno aqui do terreno para o gado da vacaria dele, que ele estava a rir, aqui na minha varanda, e a pensar que ainda havia alguém que demorava mais tempo do que ele a apanhar o feno.
    E depois eu olhei para ele e pensei: 
     
    Como é possível que eu tenha perdido o meu padrinho se ele ainda está aqui com aquele sorriso dele?

    Como é possível que ele tenha morrido?

    Pouco depois acordei nele, afinal era verdade, ele já tinha partido e o feno continua por enfardar...

    Um Sentimento...



    É em momentos como este, quando não ouço a tua voz, 
    que me dou conta de como és preciosa...
    ~*~ Catarina Lima

    LinkWithin

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...