Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

sábado, dezembro 31, 2011

Passagem de Ano... tirada a ferros!

No inicio de 2011, quando eu e o João nos conhecemos, prometemos um ao outro que no final do ano iríamos passa-lo juntos, que a passagem de 2010 para 2011 seria a ultima que eu iria passar em casa dos meus pais, embrulhada nos lençóis e completamente sozinha. Tenho estado á espera durante todo o ano para ver se era realmente verdade e se ele conseguiria realizar essa proeza. 
Em Outubro, ele foi dando umas dicas à minha mãe para ir apalpando o terreno, e aparentemente ela tinha concordado e não pôs nenhum entrave para que eu não pudesse passar a passagem de ano com o João. Tudo estava inacreditavelmente perfeito que eu não me preocupei mais com o assunto, para mim estava feito, ela tinha deixado e até já me tinha dito o que dizer à minha avó quando ela desse pela minha falta. Sim, tudo estava a ser muito fácil, realmente, e no dia de Natal foi quando chegou a bomba, o meu pai não queria de maneira nenhuma que eu dormisse com o João, ou seja podia passar a meia-noite, mas dormir com ele não, teria que voltar para casa, - para depois no dia seguinte regressar para o ir buscar para o almoço - e eu passei-me completamente. 
Nesse dia, e como tinha que levar o João a casa, até saí mais cedo para não discutir mais com eles, até porque não iria ganhar nada com isso. Fui o caminho todo calada e chateada com a situação, - até o João se assustou com a minha condução, enfim, - depois de o deixar em casa e de uns beijinhos, fiquei mais calma e respirei fundo, para voltar para casa e tentarmos dar a volta aos meus pais. 

quinta-feira, dezembro 29, 2011

Desviar dos Ricos para dar aos Pobres

A noticia que li pode muito bem ser um pau de dois bicos, e porquê? Para começar, o tema da noticia até é bom: 
Um grupo de piratas informáticos atacou uma empresa americana (...) desviaram um milhão de dólares para instituições de solidariedade.
Eu também pensei, e penso que é uma boa noticia porque todas as instituições de precisam de ajuda financeira e ela nem sempre aparece quando elas mais precisam, mas vamos ver o outro lado desta situação.
Um grupo de piratas informáticos atacou uma empresa americana e com isso teve acesso a um grande número de cartões de crédito de empresas e particulares, incluindo empresas e cidadãos portugueses.
O crime tem um componente política.
Pois é os nossos bolsos também fora atacados, e numa altura em que dinheiro tanto escassa nesses mesmos bolsos. O que quero dizer com isto é que apesar da ideia até ter sido boa, estes piratas roubado pessoas que provavelmente não têm assim tantas posses, é como se fossem roubar aos pobres para dar aos ainda mais pobres, mas imaginem que essas pessoas a quem lhes foi roubado os dados do cartão de crédito não têm dinheiro para pagar essa divida?? Como é que se revolve o problema??
No total, foram mais de 4 mil os dados confidenciais roubados no ataque informático do fim-de-semana.
Portanto acabamos por ter aqui um caso muito grave no meio desta ideia que parece genial mas que no entanto não o é, com muita pena minha.


Fonte: TVI24

terça-feira, dezembro 27, 2011

Encerrado

Aqui há umas semanas enconrei na net o curso que eu quero sem ser uma licenciatura, era um curso profissional e eu decidi que ia fazer esse curso, aliás eu ainda quero fazer esse curso.
De modo que enviei um e-mail para lá a perguntar se a instituição tem bolsas de estudo, ao que me disseram que não mas eu poderia me candidatar a um bolsa de formação da iniciativa do trabalhador junto do centro de emprego, e foi o que eu fiz. 
Fui pesquisar na net e acabei por enviar um e-mail para o IEFP a perguntar isso mesmo, e estava mesmo muito ansiosa pela resposta, a qual veio apenas hoje, e para minha grande desilusão disseram-me que o programa de bolsas estava encerado desde Agosto deste ano.
Isto deixou-me totalmente de rastos, e sem grandes alternativas, resta-me esperar por Janeiro - que também não está longe - ou falar abertamente com os meus pais e dizer-lhes que quero muito fazer este curso, esperando embora contrariada que eles me paguem o curso, no meio de tanta coisa que eles me pagam.
Tenho ainda mais duas alternativas, ou vou andar que nem louca a fazer todas as promoções que me surgem e guardando todos os tostões que ganho - sabendo que ainda assim não iria chegar para pagar tudo - ou pura e simplesmente desisto dos meus sonhos, opção que não tenho vontade nenhuma de tomar.

Visa enganador??

Apesar de ter apenas 26 anos ja fiz muita coisa e já passei por outras. Todos os lêem o meu blog sabem que ando desde 2009 a procurar trabalho. Um trabalho estável, e com futuro mas é claro que com tudo isto que está a acontecer - toda esta crise que parece que nunca mais acaba - tudo se torna mais complicado.
Há duas semanas fui a uma entrevista em Lisboa para promotora, no entanto de tão desmotivada que estou nunca considerei que me fossem seleccionar, mas fui. Pensei que era uma promoção normal mas não, logo no primeiro dia vi que era algo totalmente diferente, de tudo o que eu já tinha feito. No segundo dia as coisas continuaram a correr mal e já me sentia desesperada.
Estou a promover um cartão visa - o qual nem preciso de dizer a marca porque todos devem saber do que se trata - e pelo qual já fui enganada aos 22, 23 anos, porque nunca tinha tido um e porque quem me abordou não me explicou nada, e agora sinto que estou a enganar os outros que nunca tiveram este cartão e não estou nada confortável com isso. Mesmo que ele seja muito bom e que tenha todos aqueles seguro que elas dizem que tem, alguma vez alguém se vai lembrar disso?? Aqui disseram-me que havia um seguro de desemprego e que só faz o cartão quem tem mais de 26 anos, ora eu tinha 22, 23 anos no máximo, estava a trabalhar a part-time a ganhar 250€, como é que é possível que aquela proposta tenha sido aceite?? A não ser que me tenham aldrabado os dados, porque lá iludirem-me até iludiram porque na altura tinha a sensação que pagando apenas o mínimo das minhas comprar nunca iria pagar juros, mas era totalmente ao contrario, quanto menos se paga mais os juros sobem. E tive que aprender isso á minha custa quando fiquei desempregada e nunca nenhum cartão me pagou a divida por esse motivo.

domingo, dezembro 25, 2011

A Carteira e o Pai Natal

Este foi um Natal unico, difrente de todos os outros por um motivo, o João. Como é obvio já todos perceberam que por onde quer que ele passe gosta de deixar a sua marca e de tornar todos os momentos especiais com muitas gargalhadas e sorrisos. Sem ele tudo fica com menos luz, e desta vez ele planeou algo inimaginável, - há mais de um mês - vestir-se de Pai Natal para ir lá a casa distribuir os presentes. E foi isso mesmo que ele fez e claro que pôs toda a gente a rir assim que chegou. Na sala - com a almofada que lhe servia de barriga a cair-lhe pelas pernas abaixo - foi dando os presentes que tínhamos comprado.
A mim deu-me uma carteira, e eu também lhe dei uma porque ele me tinha pedido, e andou desde Outubro a perguntar se eu lha tinha comprado. Fiquei contente com a prenda mas mais ainda por ver que todos tinham gostado dos presentes.
Mas durante o dia não me estava a sentir muito bem,  pelo facto de ter recebido uma carteira em pele - se bem que eu nunca liguei para coisas de marca - e de eu lhe ter oferecido uma carteira da loja do chinês. Não era justo, não estava certo, mas depois falei com ele e fiquei mais calma porque tal como ele disse, cada um dá aquilo que pode. Além disso ele faz anos já no dia 19 de Janeiro, logo posso sempre procurar algo que saiba que ele vai gostar, e talvez já nao me sinta tão mal por lhe ter dado uma coisa barata de uma loja de esquina.


sexta-feira, dezembro 16, 2011

Feita parva!

É assim que me sinto! De verdade. Ando aqui a vaguear enquanto as oportunidades me fogem por entre os dedos como areia levada pelo vento.Sempre quis ir para a universidade tirar aquele curso que me fazia sentir tão feliz e que era realmente aquilo que eu queria, mas os meus pais disseram-me que não, que eu não precisava de ir para a universidade e que nunca me iriam pagar uma licenciatura, e puseram-me a trabalhar. Pra quê? Para ter um part-time que nem sequer dava para eu ter a minha independência??
Todos os dias penso nesse curso, todos os dias penso que podia estar a fazer algo que realmente me satisfaz, todos os dias há uma parte de mim que chora por não ter tido essa oportunidade.
Ando aqui feita parva, acreditando que "há um curso milagroso que me vai fazer conseguir um trabalho" . PURA MENTIRA! Nem que eu eu anda toda a minha vida a fizer cursos de três meses eu iria conseguir porque nenhum deles é aquilo que eu eu realmente quero. Querem saber quantos cursos eu já fiz desde terminei o 12º ano??

quarta-feira, dezembro 14, 2011

O inventor do microchip

O Google homenageou, nesta segunda-feira, o conceituado físico americano Robert Norton Noyce, inventor do micro chip e co-fundador da Intel Corporation. Se fosse vivo, ele completaria hoje 84 anos.
Enquanto realizava pesquisas com silício, Norty criou uma estrutura integrada de circuitos eléctricos e transístores, o circuito integrado, o que possibilitou a popularização dos computadores pessoais. 
Apelidado carinhosamente  de "o prefeito do Vale do Silício", por ter supostamente dado o nome à região em que diversas empresas de tecnologia de alcance mundial se encontram actualmente, Noyce morreu em 1990, aos 60 anos. 
No ano seguinte, foi criada a Fundação Noyce foi se dedica a melhorar a educação pública em matemática e ciências.


O Google costuma comemorar datas importantes para a humanidade, como aniversários de invenções e personalidades ligadas à cultura e à política, por exemplo, com personalizações do logo na página inicial do site de buscas. O primeiro doodle surgiu em 1998, quando os fundadores do Google criaram um logótipo especial para informar aos usuários do site que eles estavam participando do Burning Man, um festival de contra cultura realizado anualmente nos Estados Unidos. 
O sucesso foi tão grande que hoje a companhia tem uma equipe de designers voltada especialmente para a criação dos logótipos especiais. Já foram criados mais de 300 doodles nos Estados Unidos e mais de 700 para o resto do mundo.

quinta-feira, dezembro 08, 2011

Feitas bem as contas...

Como devem ter reparado há alguns dias que não escrevo - vejam o contador ao lado e o calendário e vão perceber do que falo - e isto porque reparei em algo na minha historia, quando a fiz reparti-a por vários ficheiros no word, porque estava a ficar enorme e na altura dava erro no meu computador, e tenho andado a procurar esses ficheiros como uma louca, porque já nem me lembrava que tinha dividido a historia e nem onde os tinha guardado, assim sendo, o total de palavras não será as 60.000, mas sim um valor muito maior.
Acontece que eu já os achei, e feitas as contas isto dá um total de cerca de 144.397 palavras, de modo que vou ter que actualizar o contador. Dei-me conta disto quando reparei que faltavam capítulos naquela historia, e que também não a tinha toda impressa em papel - sim, porque eu imprimi para ficar com algo para me guiar e ser mais fácil encontrar possíveis erros. Quando me apercebi disto fiquei alarmada, e fui imediatamente procurar o que faltava. Estava em Belas, porque eu tinha levado algumas que tinha aqui e já não me lembrava, mas ontem fui lá. Agora resta retomar a rotina da escrita e recuperar o tempo perdido.

quarta-feira, dezembro 07, 2011

Acorrentada

Julguei que tudo iria mudar, desde vi que o João era bem aceite pela minha mãe e pelo meu pai. Mas há uma coisa que eu, por mais que queira, não consigo mudar, e o tempo está a esgotar-se. A minha liberdade vai continuar a ser muito limitada, e isso revolta-me, tento conter esse sentimento, mas é muito complicado. Fico chateada quando peço algo á minha mãe e ela me diz que não, depois se o João lhe pedir exactamente a mesma coisa ela diz-lhe que sim, e ainda vai a correr fazer.
No próximo fim-de-semana o João está de folga e a nossa ideia era ir para a Sertã - ou pelo menos dizíamos que íamos para lá, porque a ideia era ficar em Belas - só que ela estraga tudo, como se adivinhasse as nossas ideias. Fiquei revoltada, será que não posso dormir naquela casa? Será que não tenho o direito de sair daqui?? 
Eu não quero ter que ficar aqui, mas estou a ver que não tenho alternativa, porque não tenho trabalho, o João quer se juntar, e doí-me o coração saber que nunca vou poder ir para Belas e que aquele casita pode ficar nas mãos de alguém que certamente não irá ter tanto amor por ela como eu tenho neste momento! Amo mais aquela casa do que o meu carro! Era lá que eu queria começar a minha vida, era lá que eu queria saborear a minha liberdade! 

Insólito na Inglaterra

Quando li o titulo desta noticia não queria acreditar, tive que clicar para ler tudo até ao fim. Como é que podia ser possível fazer-se uma coisa destas?
Um homem, de 25, anos, enterrou a namorada viva, num bosque de Yorkshire, em Inglaterra, por ela "não ser suficientemente bonita".
Está tudo a ficar louco?? Agora enterram-se as pessoas de quem já nao se gosta?? Como se fossemos simples objecto ou peças de loiça que deixam de estar na moda?? 
A rapariga conseguiu desenterrar-se e fugir.
Michelina, de 27 anos, foi primeiro atingida por uma arma "taser", pelo namorado, Marcin Kasprzak, que depois, com a ajuda de um amigo, chamado Borys, a colocou numa caixa de cartão e enterrou num bosque isolado da zona de Yorkshire.

segunda-feira, dezembro 05, 2011

Gato com sorte

Costuma-se dizer que a curiosidade matou o gato, mas neste caso, a curiosidade salvou o gato. Vejam a paciência daqueles bombeiros para salvar o pequeno curioso de quatro patas.


quarta-feira, novembro 30, 2011

Videncia

Nunca sabemos o motivo um determinado sonho que temos, mas muitas vezes são medos que temos que nos fazem ter sonhos estranhos, e curiosamente muitas vezes parecem bem reais. Esta noite sonhei que andava a limpar a minha lareira, mas não tinha sitio para deixar a cinza, entao andava ás voltas no patio á procura de um sitio para deixar a cinza. Quando nisto vejo uma rapariga nova de cabelos loiros e compridos, muito jovial, era extremamente semelhante á imagem que tenho da deusa Iana que surge nas minhas historias é que dá nome a este blog. Ela pediu-me a cinza e colocou-a numa caneca, tapando-a de seginda com um véu olhando para o interior com muita atenção. Pouco depois ela diz-me:

Tu vais engravidar!

Fiquei em pânico, sabia que nesta altura era muito mau isso acontecer até porque não tinha como sustentar a criança e só o ordenado do João não chega para nós dois quanto mais para três. E perguntei-lhe:

terça-feira, novembro 29, 2011

Matou 77 pessoas mas não pode ser preso

Estava á procura de uma tema para escrever no meu blog, e foi logo esta a primeira noticia que li.

Um jornal norueguês noticiou que psiquiatras consideraram que Anders Behring Breivik não estava na posse das suas faculdades mentais no momento dos ataques de 22 de Julho, pelo que não irá para a prisão.

Anders Behring BreivikImage by ghostofgoldwater via FlickrFiquei escandalizada. Então este sacana  que me pareceu perfeitamente lucido para matar aquelas pessoas agora na altura de ser julgado é considerado como doente?? Mas isto faz alguma lógica?? Então agora podemos andar todos por aí a matar porque não nos acontece nada visto que vamos ser considerados como doentes!! Pelas barbas de Neptuno, tenham dó!

segunda-feira, novembro 28, 2011

Britânica desmaia sempre que o telemóvel toca

Eu ouvi isto no rádio hoje de manhã quando ia para Belas buscar o João e fiquei curiosa. Tinha algo a ver com telemóveis, porque eles estavam sempre a perguntar se o telemóvel já tinha tocado e se tinha conseguido atender a chamada, etc. Achei estranho, mas pensei que fosse assim algum tipo de estatística. Até que lá revelaram do que se tratava.

A britânica Caitlin Wallace não ganha para o susto: sempre que um imprevisto ocorre, nomeadamente quando o telemóvel toca, a mulher de 26 anos desmaia e sofre um ataque de cataplexia.
Fiquei logo boquiaberta e até levantei o som do rádio. 
De acordo com o jornal ‘Daily Mail’, o problema afecta Caitlin Wallace, na pior das hipóteses, 20 vezes ao dia. As paralisações podem durar vários minutos, apesar de a doente conseguir ouvir tudo o que se passa.
Contaram também que para além do telemóvel, sempre que ela se ria também acontecia o mesmo, se no trabalho lhe contassem algo divertido parar rir ela imediatamente desmaiava. Por causa disto ela já tinha perdido vários empregos devido ao numero de vezes que desmaiava por dia. 
Os problemas surgiram há pouco mais de um ano e os médicos sugeriram que a britânica consultasse um neurologista. Foi então que lhe foi diagnosticada cataplexia, agravada por narcolepsia.
Caitlin diz que tem o corpo cheio de arranhões e cicatrizes resultantes das quedas. Espera agora conseguir arranjar um part time compatível com as suas necessidades especiais.

sexta-feira, novembro 25, 2011

Marido vende-se

Nunca me passaria pela cabeça fazer umas coisa destas, mas pelos visto há quem o faça! O artigo que encontrei não diz onde isto aconteceu, mas presumo que tenha sido na América.
Ora passa-se o seguinte, uma mulher resolve por o marido á venda, pelo facto deste passar o dia todo a jogar no computador. 
Kyle Baddley aprendeu à sua custa quando a mulher, alyse, se sentiu frustrada pelo seu vício pelo jogo de consola “Call of Duty” – pô-lo à venda.
For SaleImage by Ian Muttoo via Flickr
“Estou a vender o meu marido de 22 anos”, diz o anúncio. “Adora comer e jogar jogos de vídeo todo o dia. Fácil de manter, apenas o alimente e lhe dê água a cada 3 a 5 horas. Tem de ter Internet e espaço para jogar. Cansei-me de esperar por isso o liberto para boa casa.”
O anúncio era, como é óbvio, uma brincadeira. Mas isso não impediu as pessoas de responderem.
Uma mulher ofereceu-se para o treinar. Um homem ofereceu-se para trocar de lugar com Kyle, acentuando que estava já treinado e preferia livros a jogos.
Kyle parece ter aprendido a lição e joga um pouco menos agora. Encara o acontecido com humor – mas salienta que a mulher já andava em cima dele quando o jogo foi posto à venda.
 Isto realmente há gente para tudo, eu não sei se acharia muita piada se me tentassem vender  mas pronto, a noticia de tão estranha que é até faz não ter mas o que escrever sobre o tema. No entanto pode ser que alguém goste da ideia, mas quanto a mim eu preferia vender o jogo do que vender o marido!


Fonte: Destak

quinta-feira, novembro 24, 2011

Fome

A historia que vou contar a seguir é real, e quem me contou pediu-me para não dizer nada a ninguém e não vou dizer, não vou revelar nomes nem locais e muito menos vou dizer quem me contou. A historia é a seguinte, um casal amigo da pessoa que me contou - a quem vou chamar de A - está a passar por uma situação deveras complicada, o casal tem dois filhos pequenos, tanto ele como ela trabalham, mas a empresa onde ele trabalha vai suspender o serviço que ele presta, e ele ainda não sabe se vai ficar a fazer outra coisa ou o que é lhe vai acontecer, ela para além do trabalho que tem ainda faz algumas coisas por fora.
Até aqui acho que ninguém me poderá dizer que a situação deles é má, pois, e se eu vos contar que este casal não tem dinheiro para comer! É verdade, e porquê?
Porque do lado dela há uma divida para pagar de cerca de 600€ por mês durante três anos, divida essa que não foi ela que fez, mas como o seu nome estava lá, agora é à sua conta bancária que vão buscar o dinheiro. Para além disto há a escola do filho mais velho que são mais 300€, a renda da casa, mais 400€, sem falar em água, luz, telefone, gás, condomínio, tv cabo, etc, isto tudo somado levou esta família à falência!

O que eu pretendo ao contar esta história é que me digam como é que eu ajudar a pessoa que me contou a ajudar este casal. Podem me contactar aqui pelo blog, podem enviar aquilo que acharem que podem porque isto é como eu sempre digo se todos dermos um bocadinho já vai ser muita coisa, se todos pudermos ajudar, esta família pode aguentar até o problema da divida estar resolvido! 
Podemos pensar que temos aqui um caso estilo Grécia, mas não, esta família é honesta, paga tudo o que tem de pagar a tempo e a horas, simplesmente tem agora um problema que não é deles e está a tentar resolve-lo! Eu gostava imenso de poder fazer a diferença com este post, e que com a contribuição de quem está a ler poder ajudar quem neste momento não tem dinheiro sequer para colocar comida na mesa! Pensem, este casal tem duas crianças menores! 

quarta-feira, novembro 23, 2011

Challenge for... myself!

Hoje é o dia! E de hoje não passa. Vou começar a minha maratona de escrever 500 palavras por dia.

Ontem, quando me estava a preparar para começar toca o telemóvel, e quem mais podia ser senão o João? É bom ouvir a voz dele logo de manhã, e estava a convidar-me para ir almoçar com ele, era o eu ultimo dia de férias. Eu lá liguei para a minha mãe e ela deixou-me ir - porque eu tinha-lhe dito no dia anterior que ia almoçar com ela - fui logo me vestir e sai de casa.
Novamente voltei a sentir-me um pouco  um pouco desiludida comigo mesma. Onde é que vou ter tempo para me dedicar ao segundo livro??
Mas estou a ser pateta, é claro que eu tenho tempo, bastava eu querer ter tempo. A minha amiga sempre me disse que se eu escrevesse nem que fosse meia hora por dia, já era um avanço, mas claro que nem todos os dias temos a mesma inspiração e há dias em que escrevemos e outros menos, é normal. Eu tive dias em que era capaz de escrever capítulos inteiros com cerca de cinco ou seis páginas! Agora olho para aquilo e já me sinto saturada. Então decidi, já que gosto assim tanto de desafios vou-me desafiar a mim mesma.
Fui procurar na net de um contador de palavras que me desse noção de quanto me falta para concluir, e encontrei alguns, encontre até um site com um pequeno desafio, escrever 1000, 500 ou 250 palavras por dia.

Voei!

Voei, lembram-se?
Já são teclas gastas,
Sim, eu sei
Mas é altura de confessar.

... Alturas me abraçaram, me elevaram
Como nunca.
Mas, agora, ai agora,
Bem me empurram para terra.

Terra. Peso. Cuidados. Mortes.
De cima de eu vos tirei,
Agora, não mais. Não!
Nem Alexandre o Grande se atreveu a alguma tamanha ousadia.

É bom, dá para sentir,
Para pensar, corrigir e agir.
Agir, bem, sim. Ou será que não devia?
Talvez deva deixar o rio fluir.

O que passa, não volta atrás.
Óh grande, olha as tuas influências em mim!
Mas sim, talvez ele passe e eu,
Eu, talvez, o veja passar.

Mas não me sinto bem com isso,
Ora, sou rocha ou humano?
Raios me matem senão agir,
Senão lidar contigo de frente, óh terra!

O céu, tenta cuspir-me para ti,
Ora pois bem.
Se tenho que te viver,
Viverei à nova, antiga maneira do meu ser.

Se me sentires tragável, embraça-me
Possui-me em ti.
Ora senão, cospe-me de volta aos altares,
À nostalgia de voar!
Por: Alexandre Borges

terça-feira, novembro 22, 2011

Achmed the Dead Terrorist Has a Son

Defenitivamente sou fã destes vídeos. Está fantástico!! Espreitem e divirtam-se.
O vídeo está em inglês e não tem legendas.

segunda-feira, novembro 21, 2011

I wanna mary you!!

It´s a beautiful night
We´re looking for something dumb to do
Hey baby,
I think I wanna marry you

Is it the look in your eyes,
Or is it this dancing juice?
Who cares baby?
I think I wanna marry you



Just say I do
Tell me right now baby
Tell me right now baby, baby
Just say I do
Tell me right now baby

 

Cinco maus hábitos alimentares

Fazer uma nutrição equilibrada é a palavra-chave para obter um estilo de vida saudável. Desde comer comida plástica até evitar o pequeno-almoço é considerado um mau hábito alimentar a largar desde já.
São os maus hábitos alimentares que não nos deixam perder peso e ter uma vida saudável. Por vezes damos por nós a pensar que a forma como comemos pode ser prejudicial para a nossa saúde. Veja alguns dos maus hábitos a evitar imediatamente.

Mau Hábito Alimentar #1

At Gates Barbecue in Kansas City. A combo plat...Image via WikipediaComer depressa é um dos principais maus hábitos alimentares a largar imediatamente.

Razões:
    * Acaba por não mastigar a comida decentemente, deixando o trabalho para o seu sistema digestivo.
    * Ao mastigar depressa entra mais ar para o seu estômago.
    * O seu cérebro precisa de 20 minutos para perceber que o seu corpo está satisfeito.

Evite as comidas rápidas de mão e opte por comida saudável em que usa talher. Lembre-se de fazer pausas enquanto come e de beber água à refeição.

Mau Hábito Alimentar #2

Comer enquanto anda, conduz, passeia, trabalha é de evitar se pretende um estilo de vida saudável. Mantenha as principais refeições na sua agenda diária juntamente com as restantes atividades.
Comer enquanto vê TV ou está sentada em frente ao computador também é prejudicial. Há que se concentrar no que está a comer e não no que está a fazer.

sábado, novembro 19, 2011

Nada de nada

Tentei procurar alguma coisa sobre as cheias em Belas ou Queluz, mas não encontrei absolutamente nada! A unhas coisa que de que falam é nas cheias na Parede ou na rotunda de Massamá que, desculpa lá RTP mas Massamá não é Queluz!! Quando muito podia ser Barcarena que fica ali muito perto.
Tirando isso o que encontrei foi este pequeno video:


Também encontrei este, mas é de 2008, só para verem onde eu estava, aquilo é muito proximo do cruzamento dos Fofos de Belas

sexta-feira, novembro 18, 2011

Cheia em Belas

Hoje a minha mãe precisava uma uma pequena (grande) ajuda para desarrumar a sala, - sim eu escrevi bem, desarrumar a sala - e porquê? Porque ao fim desde tempo todo o meu pai meteu na cabeça que quer por uma lareira na sala, de modo que eles já tinham andado a ver e vão mesmo avançar. Assim ela chamou o João e mais a senhora que nos faz as limpezas semanalmente para virem ajudar. Ela chegou pontualmente ás 13h horas da tarde, e pôs-me logo a trabalhar, felizmente que pouco depois o João ligou a dizer que estava despachado e eu tive que o ir buscar (a casa) e como havia transito e muita chuva demorei mais. Mas isso não foi desculpa para ele não tivesse que carregar com um móvel para casa da minha avó, ele a minha mãe e a tal senhora, eu tive que o limpar todo muito muito bem limpo.
Já eram 17h horas quando fomos lanchar, foi nessa altura que também começou a relampejar e a chover torrencialmente. A minha mãe ligou - porque tinha ido buscar o meu irmão - para que eu fosse levar o João a casa porque o tempo estava a ficar mau e ela não queria que eu andasse na rua, assim fiz, depois dele a convencer a deixar-me jantar com ele em Belas.
A chuva não parava, achei que o IC19 estaria um caos e não me devo ter enganado muito, por isso fui pelo caminho que costumo fazer, pelas estradas interiores, aproveitando um pequeno troço da A16 em que não se paga. Saí na Venda Seca, logo aí encontrei a estrada cheia de água, mas dava perfeitamente para passar, por isso continuei, assim que começo a descer a Idanha o aglomerado de água adensa-se á minha volta. A estrada transformara-se num rio, eu deixara de ver as linhas no alcatrão e até mesmo os passeios. Era a loucura! Nunca vira tanta água na minha vida.

Por causa da vizinha

Ontem a minha mãe tinha que sair com uma vizinha nossa que não tem muitas possibilidades de se deslocar sozinha, e precisava de ir ao médico e ás compras. 
Acordou-me ás 9h da manhã, para perguntar se eu lhe fazia as camas, claro que sim, nem era preciso acorda-me tão cedo, mas enfim, já não consegui pregar olho, e nem valia a pena, levantei-me fui comer e fiz as camas logo de seguida.
Entretanto já eram 10:30h quando a minha mãe me liga a dizer que ia almoçar com a tal vizinha e que se eu quisesse podia ir ter com o João, e foi o que fiz, sabia que ele estava sozinho, - porque está de férias esta semana toda - e não fui de modas, vesti-me a saí logo de casa.
Quando cheguei andava ele nas limpezas da casa, maquina da roupa a lavar, aspirador no hall de entrada e esfregona na mão. Ele não esperava por mim e adorou o surpresa.
A hora do almoço havia frango panado com arroz, eu gostei tanto que fui procurar a receita:

  • 1 frango (800 g)
  • sal
  • 3 colheres de sopa de farinha
  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de pão ralado
  • 2 dl de azeite ou 200 g de banha
  • 1 limão
Ponha a farinha num prato. Bata o ovo noutro prato e deite o pão ralado ainda noutro prato.
Passe os pedaços de frango primeiro pela farinha, depois pelo ovo e finalmente pelo pão ralado. Tenha o cuidado de sacudir o pão ralado em excesso. Aqueça bem o azeite (ou a banha) e ponha os pedaços de frango a fritarem. Os pedaços do peito devem ser retirados cerca de 10 minutos depois; os das pernas, ao fim de aproximadamente 15 minutos. Em qualquer dos casos, os pedaços de frango devem escorrer muito bem. Depois, mantenha quente.
Lave o limão, seque e corte em 8 partes. Coloque os pedaços de frango numa travessa e guarneça com os oitavos de limão.
 Estava muito bom, e durante a tarde ficámos por lá, pois ás 14h a minha mãe ainda andava com a vizinha, e entretanto nós resolvemos ir dar uma volta para não estarmos ali a tarde toda, - não é que não fosse bom, mas todos os dias também não - e fomos ver as novidades ao IKEA, já eram perto das 16h, até porque estivemos a cuscar o catalogo e vimos lá coisas muito úteis para a nossa casita.
Cheguei a casa já eram quase 19h, a minha mãe estava cansada de ter andado a tarde quase toda com a vizinha, e como eu tinha aparecido entretanto descarregou em cima de mim, mas pronto, depois do jantar lá fizemos as pazes.
E tudo voltou ao normal...

terça-feira, novembro 15, 2011

Cinco alimentos para ajudar o cérebro

Uma alimentação adequada pode melhorar a sua capacidade cerebral. Saiba o que pode comer para tornar o seu cérebro mais eficiente. Há 5 alimentos que lhe podem aumentar a actividade cerebral naturalmente, são eles: espinafres, nozes, sardinhas, grãos de café e lentilhas. São considerados alimentos inteligentes. 

Espinafres

Tanto os espinafres como qualquer verdura são considerados uma das melhores e mais saudáveis escolhas alimentares. Os investigadores afirmam que comer mais verduras promove a função cerebral, desacelerando o declínio cognitivo.
 
Nozes

Os investigadores descobriram que um plano alimentar que inclua nozes aumenta a atividade mental. As nozes contêm uma mistura inteligente de antioxidantes e ácidos gordos ómega 3 que fazem o cérebro trabalhar.
As nozes são muito nutritivas, por isso, opcionalmente pode optar por comer algumas a meio da tarde para aumentar a sua capacidade mental e física.

domingo, novembro 13, 2011

Um magusto à maneira

E porque na sexta-feira dia onze o João esteve a trabalhar - numa formação que segundo ele foi a maior seca de sempre - fizemos o magusto ontem, sábado, com castanhas cozidas (foi o João que pediu e a minha mãesinha fez) e água pé. 
O resto das castanhas vão ser comidas hoje, uma parte fritas - porque o meu pai adora, e eu também gosto - e a outra parte assadas - sim, também tenho direito, até porque prefiro assadas - no forno cá de casa. Só para recordar que o João vem cá a tarde para comer o resto das castanhas, quando ele cá vem é uma alegria, nem a minha mãe se lembra mais do pé ou das discussões a avó.


sábado, novembro 05, 2011

Kiribati, uma ilha a afundar-se

Kiribati, é um país da Micronésia e Polinésia que ocupa uma área muito vasta do Oceano Pacífico, mas que é bem pequeno em termos de área terrestre. É o primeiro país a mudar de ano, na ilha de Kiribati, mas pode vir a deixar de o ser. A ilha fica apenas três metros acima no nível do mar, e este tem conquistado muito terreno há pequena ilha obrigando muitos residentes a mudar de local vendo as suas habitações serem destruídas e levadas pelo mar.
O Kiribati está a afundar-se, e o governo local já pediu ajuda de outros países para evacuar o arquipélago. A agua salgada está a contaminar os poços, cuja água era usada para banhos e a lavagem da roupa, e também para a rega das hortas que sucumbem pelo elevado nível de sal. O povo então percebeu que, se não adaptasse seu cultivo à nova realidade, teria de se conformar com uma dieta baseada em arroz e enlatados - alimentos que já monopolizam o prato de boa parte da população.

quarta-feira, novembro 02, 2011

Chuva a potes

Hoje cheguei atrasada, mesmo saindo cedo, devia ter saido ainda mais cedo de casa pois precisava de pôr gasosina no carro e de levantar dinheiro, e estava um tempo horrivel, as estradas pareciam rios de tanta água que tinham. 
Fui Jumbo de Alfragide porque era a bomba que me ficava mais em caminho e felizmente nao habia fila, mas para meu grande azar, quando so faltavam tres carros para ser av minha vez a bomba encravou e tive que esperar cerca de meia hora, - eu com pressa e o tempo passar, não há nada mais stressante - entretanto lá conseguir atestar e seguir caminho.Atrium SaldanhaImage via Wikipedia
Dei duas volta ao Saldanha primeiro que conseguisse um lugar para estacionar, depois fui a correr levantar dinheiro ao multibanco mais próximo, - felizmente havia um ali próximo - e mas agora tinha outro problema, precisava de moedas para pagar o estacionamento do carro, fui a um café, não tinha, fui a um cabeleireiro, nao tinha, fui a uma farmácia, foi a que me safou, consegui trocar os 10€ em uma nota e moedas, - o que faz a crise, nenhum estabelecimento agora consegue trocar uma nota de 10€. Já estava super atrasada mas também o máximo que podia fazer era correr, para além de estar a contar com um telefonema a perguntar se eu sempre ia ou não.
Pago o estacionamento respirei de alivio. Agora que já estava descansada lá fui á minha vida, só quando estava no elevador é que reparei que tinha os sapatos e a calças encharcadas do joelho para baixo.

segunda-feira, outubro 31, 2011

Feliz Dia das Bruxas

Divirtam-se  muito neste dia que para mim é o mais mágico do ano. Vejam a origem do Halloween.



halloween by *sandara on deviantART

domingo, outubro 30, 2011

Quero...

Quero soltar-me, libertar-me...
Quero sair daqui e tocar o mundo,
Nem que seja por um segundo.
Quero ter a certeza que sou livre!

Quero ser eu, ser normal...
Quero correr e sentir o vento,
Nem que seja por um momento.
Quero ter a certeza de que sou livre!

Quero pular e saltar...
Quero ver o horizonte agora,
Nem que seja por uma hora.
Quero ter a certeza de que sou livre!


sexta-feira, outubro 28, 2011

Porque é que escrevo?

Há mil e um motivos para escrever, este post vem de uma desafio colocado no blog da minha melhor amiga, ela adora fazer desafios aos amigos dela, e eu por norma tendo a aceitá-los. É apenas mais um motivo para escrever porque eu adoro escrever. Mas porque é que eu escrevo? É daquelas coisas que muitas vezes nem pensamos muito, vai por instinto. Pelos menos comigo funciona assim, sempre funcionou, escrevo por instinto, quando tenho uma ideia para algo tenho que imediatamente a colocar num papel ou mesmo no computador, senão, quando essa ideia passa já nao consigo escrever nada por muito que pense.
Porque é que escrevo? Porque é a forma que tenho de falar com alguém, ou que alguém me ouça, porque só tenho a minha amiga para me ouvir, e nem sempre ela está por perto, por isso escrevo! È verdade que também tenho o meu namorado, mas temos de admitir que uma conversa com a melhor amiga é diferente de uma conversa com o namorado.
Porque é que escrevo? Porque apesar de ser tímida, nao consigo ficar calada perante certas coisas,  porque vejo coisas que me revoltam, porque é a maneira que tenho de dar o meu grito. Porque por vezes parece que ninguém me ouve, e que escrevo este blog somente para mim.

Porque é que escrevo? Porque a escrita faz parte de mim...

sábado, outubro 22, 2011

Uma semana imparável

Só hoje é que reparei há quanto tempo nao escrevo no blog. Não tenho tido tempo para o fazer porque durante esta semana aconteceram mil e uma coisas ao mesmo tempo. Vamos por partes.
Na segunda-feira, o João estava de folga e então a minha mãe pediu para que ele viesse cá lanchar, nem era preciso pedir-lhe duas vezes porque já se sabe que ele vem a correr - nesse mesmo dia, também tinha uma entrevista para o cabeleireiro - e chegados ela já tinha um lanche preparado e é então que ela me conta que o sitio que ela nos queria levar era para nós vermos uma coisa e que tinha sido ideia do meu pai.
E qual era a ideia? Comprar uma casita daquela pré-fabricadas estilo caravana para colocar aqui no terreno para eu o João morarmos. Digo de verdade que fui totalmente apanhada de surpresa, assim como o João, e até achámos a ideia muito estranha, porque aquelas casas até podiam ser boas no Verão mas no Inverno passaríamos um frio de rachar. Contudo fomos lá ver, até porque o local onde elas estavam para venda era aqui perto de casa.

segunda-feira, outubro 10, 2011

Um domingo diferente

Nunca tinha acontecido nada assim, o João sugeriu aos meus pais, irmos todos fazer um piquenique pra serra da Arrábida, e a tarde íamos todos á praia. Tudo perfeito, eu e ele levava-mos os salgadinhos, bebidas, batatas fritas e o pão, e a minha mãe só tinha que fazer umas perninhas de frango frito e mais umas sandes. Já estava tudo planeado, e para minha grande surpresa eles estavam de acordo. Mas um dia antes a minha mãe resolve mudar de ideias, eles iam antes  a Fátima, e eu e o João íamos á praia. Falei com ele e que remédio havia senão concordar, embora não fosse essa a vontade dele. A minha mãe, fez-nos um  lanche e no domingo de manhã acordei cedo para o ir buscar a Belas e trazer as toalhas de praia e o creme protector.
A manhã estava  um pouco fria, e quando estacionei o carro ele marcava apenas 18 graus não rua, pelo esperámos que o sol se levantasse mais um pouco, e quanto isso ele foi devorando as sandes e o sumo.

terça-feira, outubro 04, 2011

O ponto negro

Certo dia, um professor entrou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova relâmpago. Todos se sentiram assustados com o teste que viria.

O professor entregou, então, a folha com a prova virada para baixo, como era de costume... Quando puderam ver, para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro no meio da folha.
O professor, analisando a expressão surpresa de todos, disse:
- Agora vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo.
Todos os alunos, confusos, começaram a difícil tarefa. Terminado o tempo, o professor recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redacções em voz alta.
Todas, sem exceção, definiram o ponto negro tentando dar explicações por sua presença no centro da folha.
Após ler todas, a sala em silêncio, ele disse:
- Esse teste não será para nota, apenas serve de aprendizado para todos nós. Ninguém falou sobre a folha em branco. Todos focaram as suas atenções no ponto negro. Assim acontece em nossas vidas.

quinta-feira, setembro 29, 2011

Chicoteada

Esta noticia revoltou-me profundamente, não há direito. Está da hora destes países deixarem de tratar as mulheres como se fossem animais. Nós temos tantos direitos como os homens e nem os proprios animais são tratados desta maneira, isto para mim é desumano. 

As autoridades sauditas decidiram punir Sheima Jastaniah com diversas chicotadas em público devido a ter conduzido sem autorização.


Nestas sociedades os direitos humanos não existem paras as mulheres pois, uma mulher pretender votar nas eleições municipais tem de ser  acompanhada por um homem, se pretende viajar para o estrangeiro o seu marido tem de autorizar. Isto é super estupido! Nós não somos os animal de estimação dos homens, se temos que os respeitar eles também têm que nos respeitar. As chicotadas vão ser aplicadas nas costas da mulher na praça pública da sua cidade. As autoridades pretendem que a atitude de Sheima seja vista como um exemplo para futuras infrações de senhoras condutoras.
Em maio, as autoridades da cidade de Al Khobar prenderam Manal al Sharif ,  uma assessora de segurança informática de 32 anos, que optou por conduzir  o seu veículo por diversas vezes e exortou outras mulheres a adotarem a  mesma atitude através de um vídeo colocado no YouTube . 

As autoridades desta cidade do leste da Arábia Saudita obrigaram Manal  al Sharif a assinar um documento onde se comprometia a não voltar a conduzir,  e foi libertada após 13 dias na prisão. 

terça-feira, setembro 27, 2011

Quebrar o Ciclo

Não sei se o João leu o post anterior, mas a verdade é que ele mudou de ideias, o que me deixou muito mais aliviada. Já me veio dizer que o melhor é gozarmos a nossa casa de Belas e só quando a Bia nascer é que pedimos á minha mãe para fazer as obras e então nos mudamos. Assim podemos ter algum sossego os dois, e além do mais há certas e determinadas coisas as quais não me sinto á vontade a fazer sabendo que estou  a morar a dois passos da minha mãe e da família toda. E se há coisas que eu amo e prezo muito é a minha privacidade e a minha intimidade e as nossas mães não precisam de saber se o nosso companheiro nos dá gozo e nos faz ir á lua.
O problema agora vai ser convencer a minha mãe da nossa vontade e que ela não faça já as obras lá. Coisa que não vai ser fácil, conhecendo a minha mãe e sabendo o que ela já me disse uma vez! 
Vai ser outra guerra, mas pelo menos agora já não estou sozinha. O João vai-me ajudar, a minha mae tem de ver que eu não sou uma marioneta, que tenho vontade própria, e o direito de morar onde e bem entender mas também tem de ver que eu não a vou abandonar.
Cada vez se torna mais crucial que eu consiga trabalho estável, seja lá onde for, agora o que conta é terminar o curso das unhas de gel e procurar trabalho rapidamente!

Wish me Luck.

domingo, setembro 25, 2011

O Ciclo

Desde o inicio deste mês que ando a sentir coisas muito estranhas, e que me assustam muito. Quem me conhece bem sabe que sempre quis sair de casa, ter a minha independência, a minha vida e não precisar de andar sempre a pedir.
E há anos que luto para o conseguir sem nunca obter resultados até ao dia em que conheci o João. Ele mudou a minha família em muitos aspectos, é certo, mas nem todos.
Desde o inicio deste mês que ele anda com muitas ideias de querer morar aqui também,- para não  termos que pagar tantas contas - fazerem-se obras e mudar-mo-nos para aqui.
Eu sinto que o ciclo se está a repetir e já influenciou o João, eu sinto-me no lugar da minha mãe, a diferença é que eu fiz montes de cursos para conseguir trabalho apesar de nenhum deles ser aquilo que eu realmente gostava. E a ultima coisa que eu pretendia era ficar aqui e ainda por cima dependente de alguém!
Eu sou feliz com ele, mas sinto uma revolta enorme dentro de mim pelo facto de não me estarem a querer prender aqui!
Amei a casa de Belas mal entrei nela, amava ainda mais poder viver lá um ou dois anos até a Beatriz nascer.
Eu julgava sinceramente que este ciclo já se tinha quebrado, e que eu ia conseguir viver noutro lado, mas não, há sempre aquelas correntes malditas que me seguram os pulsos e me seguram aqui.
Ele diz que vai ser diferente, porque vamos ficar com uma casa só para nós e que ninguém se vai intrometer porque ele não vai deixar, mas eu continuo a achar que vai ser a mesma coisa, porque acabo por nunca deixar a casa dos meus pais, acabo por nunca deixar o ninho onde nasci para ir fazer o meu próprio ninho.
E o pior disto tudo sabem o que é? É a minha mãe me dizer: Eu não te vou deixar sair daqui.

sábado, setembro 24, 2011

O que é um Loop informático?

Trata-se de uma terminologia usada pelo pessoal de informática para definir uma situação do tipo "pescadinha-de-rabo-na-boca".
Diz-se que um programa "entrou em loop" quando acontece uma situação do tipo exemplificado abaixo:

O Director chama a sua secretária e diz:
- Vanessa querida, tenho um seminário na Argentina, durante uma semana, e quero que me acompanhe. Por favor, faça os preparativos para a viagem.

A secretária liga para o marido:
- João! Vou viajar para o estrangeiro com o director por uma semana. Cuida-te querido!

O João liga para a amante:
- Elvira, filha. A bruxa vai viajar para o estrangeiro por uma semana. Vamos estar juntos, minha princesa ...

 No momento seguinte, a amante liga para casa de um menino a quem dá explicações particulares:
- Luizinho, na próxima semana estou com muito trabalho e não vou poder dar-lhe as explicações....

A criança liga para o seu avô:
- Avozinho, nesta próxima semana não tenho explicações, a professora vai estar muito ocupada. Vamos passar a semana juntos?

O avô (que é o director desta história) chama imediatamente a secretária:
- Vanessa! Suspenda a viagem, vou passar a semana com o meu neto, que não vejo á algum tempo, por isso não vamos participar no seminário. Por favor, cancele a viagem e o hotel.


A secretária liga para o marido:
-  Ouve João querido! O idiota do director mudou de ideias e acabou de cancelar a viagem.

quarta-feira, setembro 21, 2011

Ódio desmedido

Este sonho tanto pode ser um reflexo do inconsciente com uma pura realidade, mas seja o que for, a verdade é que ultimamente tem-me dado para sonhas com antigas colegas de turma, mais especificamente aquelas que não gostavam de mim nem eu delas. Desta vez calhou uma rapariga que conheci no 5º ano, e que a minha melhor amiga também conheceu quando esta se mudou de escola, e que voltei a ver no 10º ano, quando conheci a minha melhor amiga.
Resumindo, eu estava numa casa, no primeiro andar a falar com essa colega, sempre no seu tom emproado achando-se superior aos outros, ela tinha-me pedido - quase como se fosse uma ordem -  para eu vir ao rés-do-chão dizer ao inquilino que tinha de sair porque ela simplesmente não o queria lá. Eu comecei a sentir o ódio e o desprezo dela em cada palavra. E assim fiz, desci as escadas e entrei na portinha, a casa estava numa bagunça total, e quem é que eu vejo muito timido, atrás de uma caixotes como se fosse um miudo abandonado? O Michael Jakson. Fiquei pasmada, o que é que ele estava a fazer ali? Mas entreguei-lhe o recado, e percebi de imediato que mais valia não o ter feito por chorou ainda mais alto dizendo que ela não podia fazer isso com ele porque não tinha onde ir viver.
Michael JacksonEu sabia que ela não ia desistir, e sentia o ódio dela. Depois, na rua, vi uma vizinha que conversava com outra, e elas é que me disseram que ela só estava a fazer isto porque queria ficar com o que era meu, queria ser como eu, e então tinha que se livrar de mim e o unico meio era expulsar o Michael de casa. Estranho, não? Mas era isso. Sempre achei curioso a forma como em sonhos mesmo o que não tem sentido faz sentido, e depois quando acordamos temos a sensação de que não há nada que ligue os elementos do sonho.
Quando acordei ainda estava com essa sensação de ódio por parte dela, mas será que de alguma maneira ela ainda me odeia por algum motivo? De todo o modo nunca lhe diz mal - embora numa determinada altura tenha tinha muita vontade de lhe dar uma valente açoitada, mas enfim - foi ela que provocou as coisas pelas próprias mãos nos tempos de escola.

terça-feira, setembro 20, 2011

Já não era sem tempo!!

Hoje tinha tirado o dia para responder a anúncios de emprego, ainda fui a uma entrevista no Forum Sintra, mas vi logo que aquilo era muito luxo para mim e a senhora era muito esquisita e mandou-me logo embora, por este andar vai continuar à procura de alguém para a vaga. 
Entretanto vim almoçar e á tarde fiz mais uns telefonemas e marquei outra entrevista.
Nails mended 08/22/09Image by B_Zedan via FlickrJá me sentia tão desmotivada que até me passou pela cabeça nem ir, mas enfim, ficava perto, e vendo bem até nem me custava nada lá ir e tinha tempo até o João sair do trabalho. E fui, ao chegar lá pensei: Se calhar vou voltar de mãos a abanar e vai ser apenas mais uma. Entrei e disse ao que vinha, a senhora falou um pouco comigo e eu disse o que fazia e inclusive estava a terminar o curso de unhas de gel.
Ela imediatamente me disse: Sabe eu preciso de uma pessoa para ontem, e se quiser pode começar já amanhã. E visto que faz unhas de gel para mim até é melhor. Fiquei radiante!
Finalmente consegui. Amanhã vou trabalhar num salão de cabeleireiro no Cacém, fazendo manicure e pedicure, até aqui já me valeu a pena fazer o curso. Estou tão contente que só me apetece dar pulinhos. 
E melhor ainda é que posso ter uma ou duas manhãs por semana para terminar o curso de unhas de gel, o que é excelente.

segunda-feira, setembro 19, 2011

Em palco

A noite passada tive um sonho que por um lado até me deixou contente, mas outro confusa, como sempre. Sonhei com duas raparigas que conheci na escola primária, eu sempre lhes chamei as convencidas  porque elas sempre se acharam as melhores, sempre pisaram os outros (eu) conforme queriam e parecia que tudo saia ao jeito delas, tinhas as melhores roupas, os melhores cadernos, os melhores sapatos, as melhores canetas e é claro os mimos todos da professora - sim, isto é a minha criança interior a falar e super revoltada porque na primária só apanhou foi puxões de orelhas nos exercícios de matemática e passava os recreios sozinha ou era apanhada das armadilhas dos colegas para lhe baterem.
Jon Bon Jovi on stage live at Dublin May 2006.Image via WikipediaEsta é uma parte do sonho, a outra parte e a melhor, foi o Jon Bon Jovi ter aparecido por la. Por outras palavras, sonhei com essas duas colegas de escola e que estávamos a ver um concerto dos Bon Jovi - que eu gostava tanto de ter ido mas a minha carteira não mo permitiu - e a dado momento ele chama-as para o palco, e claro que como elas eram as melhores em tudo também eram as melhores a cantar, só para eu ficar ainda mais roidinha. No entanto, o Jon cantou uma musica em dueto com uma senhora negra vestida de vermelho e á espanhola, ela veio ter comigo e eu cantei uma parte da musica numa voz tão unica e tão melodiosa que tudo á volta se calou só para me ouvir. Então o Jon sorriu ao mesmo tempo que o publico vibrava de uma maneira estonteante, e ele chamou-me e cantámos  todas as canções para inveja e revolta das outras duas que foram postas de lado. 
Eu tinha passado a ser o centro de todas as atenções, mas o melhor de tudo nem era isso, o melhor era ter a noção que mesmo não estando fisicamente num concerto dos Bon Jovi, pelo menos estive lá espiritualmente. Agora o que tudo isto significa a nível de inconsciente, vai-se lá saber?


quinta-feira, setembro 15, 2011

O Metro de Sete Rios

Desde que ando no curso de manicure, desde que ando para cá e para lá, nas minhas andanças de todos os dias, que vejo sempre as mesmas pessoas a pedir. Eles não têm ar de mendigos, mas é o que são, então porque andam eles a pedir? Eu vejo homens cegos, mulheres a tocar flauta, etc. E não são assim tão poucos, e segundo me contaram, na estação do Marquês de Pombal são ainda mais. 
De cada vez que os encontro só me lembro daquele filme Who wants to be a Billionaire, do jovem da Índia que conseguiu fugir aos seus raptores.
Raptores esses que recrutavam crianças para as cegarem, ou algo pior, e atirarem com elas para o mercado negro, fazerem delas uma fonte de negocio e de rendimento. O filme emocionou-me e fez-me pensar, apesar de ter um final lindo e super romântico.
Até pode nem ter nada a ver, se calhar eles andam a pedir apenas porque ninguém lhes dá emprego, mas talvez essa não seja uma boa desculpa porque tenho a certeza que há muita gente com este e outro tipo de deficiências e aposto que não precisam de andar no meio do metro e pedir esmola a cada passageiro com que se cruzam. 
Não há ninguém que os ajude? Quem são estas pessoas? De onde vêm? E porque andam a pedir?

sábado, setembro 10, 2011

Come What May


And there's no mountain too high no river too wide
Sing out this song and I'll be there by your side
Storm clouds may gather and stars may collide
But I love you until the end of time
~*~ Moulin Rouge







sexta-feira, setembro 09, 2011

Sabiam que...

...também existe a fobia de conduzir?
Chama-se Amaxofobia e é determinada por um medo irracional de conduzir, diferente da apreensão inerente à grande circulação diária de veículos, circulação nocturna ou mau estado do tempo, circunstâncias capazes de dificultar a condução.

A Amaxofobia evidencia-se quando o trânsito passa a ser percebido como uma ameaça irracional gerando  níveis de ansiedade e stress anormais. A ansiedade surge da experiência com eventos adversos que intensificam processos internos, além de suprimir alguns comportamentos operantes.
A sensação de falta de controlo que esta experiência desconfortante produz, seguida por uma série de pensamentos catastróficos a respeito da experiência, causa um choque emocional e um forte receio diante da possibilidade de que a crise se repita e produza realmente um acidente rodoviário.

terça-feira, setembro 06, 2011

Sabiam que...

...existem alimentos que tornam os dentes mais brancos??
Nem eu própria sabia, tinha uma vaga ideia de que era bom comer maçãs, mas daí a que o que comemos também seja benéficos para os nossos dentes vai uma longa distancia, mas é verdade. E dentro de toda a variedade daquilo que comemos existem dois grupos, os que têm a função de raspar e os que tem a função de pulir. 
Os primeiros ajudam a remover as bactérias que formam a placa de tártaro. Dando o aspecto de cor amarelada aos dentes se não for removido de imediato. Os frutos e vegetais “raspadores” são bons devido à sua função abrasiva de esfregar os dentes. São ainda estimulantes de produção de saliva, evitando que a placa se forme. São eles:
  • Aipo
  • Cenouras
  • Couve-flor;
  • Maçãs;

Morangos e laranjas são óptimos para polir os seus dentes. Esfregar uma casca de laranja ou morangos nos seus dentes e lavar de seguida a sua boca com água fará com que após alguns meses note os seus dentes mais brancos.
Produtos lácteos como iogurte, leite e queijo contêm ácido láctico que ajuda a proteger contra a deterioração dentária. Os queijos duros são melhores para branquear os seus dentes pois também ajudam a remover partículas de comida.
Será que agora vai mudar alguma coisa na sua dieta?
 

segunda-feira, setembro 05, 2011

Não é ficção

Hoje finalmente consegui a minha revista favorita e na capa vi logo um tema que me intrigou. Era sobre o amor á primeira vista, pois sempre se perguntou se seria possível ou não, eu acho que só tem passa por isso é sabe.
Depois no artigo também diz que existem quatro fases do encantamento: contacto visual, sim ele estava lá a minha espera nos cinemas do colombo, sorri e aproxima-te, sim era impossível não sorrirmos um para o outro, conversa de circunstancia, claro, estás-se mesmo a ver que ele se ia ficar pelo Olá, não era? Atracção mutua, acho que essa já tinha acontecido há algum tempo. 
Pois bem, eu digo que não é fantasia coisíssima nenhuma! O amor á primeira vista é possivel e aconteceu comigo, e não foi apenas uma paixãosita que cresceu com o tempo. Para quem lê o blog há pelo menos oito meses sabe que conheci o João através de um chat e que logo no primeiro dia que nos vimos ele puxou-me e beijou-me e desde então nunca mais o deixei nem ele a mim e espero que assim continue.
A cada dia que passa sinto-me mais e mais apaixonada por ele, como se a nossa relação se renovasse todos os dias, pois a atracção que sentimos um pelo outro está sempre a aumentar. Partilhamos tudo, não há segredos entre nós, e cada um respeita a outro, como deve de ser entre um casal.

domingo, setembro 04, 2011

10 Mandamentos do Aspirante a Escritor

Encontrei isto através do facebook, mas gostava de partilhar aqui, até porque tanto eu como a minha melhor miga ainda temos o sonho de um dia conseguirmos ser escritoras de verdade, eu já sei o primeiro passo, mas acho que foi muito curto, estou a pensar em arriscar e dar um passo um pouco maior. Mas enquanto isso não acontece aqui ficam os 10 Mandamentos do Aspirante a Escritor.

1. Não esperes demasiado dos amigos de que seria lógico esperar algo. [A colega que conhece «demi-monde» e divulgará a tua obra, a parente de um próximo, que se dá com escritores famosos, e promete mostrar-lhes o teu trabalho, o jovem que te fará uma entrevista decisiva: verás que, no momento em que precisas, têm mais em que pensar].
2. Mantém-te atento a todos os de que nada esperarias: subitamente, um deles poderá ser, para a tua obra, a mão eficaz do destino.

sábado, setembro 03, 2011

Dois mundos, Uma realidade

Estava a correr por um tunel muito escuro, e tão humido que a água escorria e pingava das paredes e do tecto, corria para fugir de alguém que vinha a trás de mim. Era um grupo enorme, todos eles vestidos de preto com longas capas e varinhas na minha mira. Eles estavam cada vez mais perto e o tunel não tinha saida. 
Até que vejo alguém que começa a correr ao meu lado, vem comigo, afinal ainda havia uma curva e ao fundo um lance de escadas em caracol, só no fim das escadas não havia mais nada, estávamos encurralados.
Os homens das capas estavam á nossa frente e dois deles mostraram as faces, um era moreno e de cabelo comprido, o outro era loiro e de cabelo curto mas com um olhar cheio de raiva, eu sempre te odiei Harry. Não consegui acabar contigo, porque precisava de ti para matares o Voldemort, sabia que só tu o conseguias fazer, mas agora já me posso livrar de ti. Fiquem estática a ver o que acontecia, quando me apercebi de que tinha uma varinha azul na minha mão, não pode ser, pensei, mas era, a tatuagem do tubarão estava marcada na minha pele. Agarrei no braço do Harry e perguntei, confias em mim? Ele olhou-me de forma desconfiada, mas lá disse um tímido sim, então salta! Saltámos os dois ao mesmo tempo e ao tocar no chão este transformou-se em água e conseguimos passar, caindo nas catacumbas que ficavam por baixo. Só ele conhecia aqueles túneis, e ao fim de algum tempo a andar, e o meu corpo a ficar coberto de escamas, encontrámos a saida e uma Hogwarts toda desfeita. Obrigado por me ajudares. Disse ele, não, eu é que te agradeço, foste tu que me ajudas-te. ~*~


~*~ Não como nem porquê, mas este foi o sonho que tive na noite passada e que me inspirou para desafiar a minha melhor amiga a escrever uma fic, caso ela aceite o desfio.

 

quarta-feira, agosto 31, 2011

E já cá estou!

Já voltei da minha aventura. Adorei! O caminho até é mais fácil do que eu estava a pensar e como saí cedo nem apanhei transito, apenas o costume ao sair de Lisboa mas de resto foi sempre a andar.
Cheguei á Sertã eram 10:30h, descansei, almocei e depois por volta das 15h vim para baixo com o João. Ambos ansiosos, por termos o nosso momento para matar as saudades todas.
O meu carro não é de grandes velocidades mas ainda o consegui manter nos 100km/h mas a dada altura o cansaço já era visível e a chuva obrigava-me a ser mais prudente e a diminuir a velocidade. Estava cada vez com mais vontade de me esticar numa cama e dormir pelo menos meia hora.
Sim, o dia estava a ser perfeito até a minha mãe resolver me ligar para me dizer que tinha ir fazer o jantar no meu irmão, que tem 23 anos mas não saber por uma costeleta ao lume nem aquecer um tacho com massa. E assim, fui apenas deixar o João a casa e tive de voltar para a minha função de babysitter!
Resta dizer chuvia a potes, o transito estava infernal, o meu pescoço e pernas super doridos, e os meus olhos a pedir umas merecidas horas de sono...

Shot in The Dark

Fui deixada p'ra trás,
Como se não valesse nada,
Tenho suplicado por ajuda, 
Porque não consigo sozinha,
Porque não sou inútil!


I've been left out alone
Like a damn criminal
I've been praying for help
'Cause I can't take it all
I'm not done it's not over

Now I'm fighting this war since the day of the fall
And I'm desperately holding on to it all
But I'm lost, I'm so damn lost

Oh I wish it was over
And I wish you were here
Still I'm hoping that somehow
~*~  Shot in the Dark

É hoje!

Sim, quando estiverem a ler isto já estou estou a caminho.
Vou arriscar nesta aventura, mesmo com chuva, e vou ter com o meu namorado à Sertã, depois conto como correu. E sim, adoro dar um bocadinho de adrenalina à minha vida! Mas com juizinho, claro.


domingo, agosto 28, 2011

Censurado na China

Todas as raparigas (e alguns rapazes) da minha geração gostam desta canção e não deve de haver ninguém que não comece a cantarolar quando ela toca no rádio.



Pois bem, hoje acabei de saber que esta musica - entre outras - foram censuradas na china, isto porque existe uma "directiva de 2009, que determina que canções com “conteúdo vulgar e de mau gosto” são censuradas". Agora os senhores chineses expliquem-me o que é que este clipe ou a letra tem de mau gosto?? Diga-me lá porque eu realmente não entendo!
Para concluir este post só resta dizer que eu sou e sempre serei uma fã incondicional dos Backstreet Boys, daí toda a minha indignação, mas felizmente não faço tensões ir parar à China.

Fonte: Jornal Angola

sábado, agosto 27, 2011

No interior de Portugal

Para quem achava que Braga era o único sitio para se estar sossegado, porque tinha - e tem - várias semelhanças com Sintra - falta-lhe apenas estar a 20 min da praia -, até que me enganei redondamente, pois o interior de Portugal tem-me surpreendido muito, nunca pensei que fosse encontrar lá tanto sossego e tanta paz. Para quem como eu adora estar em comunhão com a Natureza é o local ideal. E para mostrar isso mesmo, eis aqui uma foto de uma ponte romana. 
A ponte da Carvalha ou ponte romana como também é conhecida, é uma ponte de estilo romano, com 64 metros de comprimento, e seis arcos de alvenaria, situada na vila da Sertã, bem no centro de Portugal.


O unico senão é mesmo o não haver nada perto, tem que se ir de carro para todo o lado, porque para fazer as compras de todos os dias só mesmo no centro da vila.

sexta-feira, agosto 26, 2011

Desafio ou Aventura??

Decididamente este amor mudou por completo a minha vida e forma como vejo as coisas. Aqui há uns aninhos, e não são precisos muitos, nunca eu me imaginava tão feliz nem tão saída da casca como se costuma dizer.
O João propôs-me um desafio, que sem duvida vai ser uma das minhas maiores aventuras, maior ate do que ir a Braga de comboio sozinha. Este desafio vai levar-me até á Sertã de carro, mas agora vou ser eu a conduzir, sozinha, apenas com um mapa do google ao meu lado.
Alguma vez, recuando um pouco no tempo, eu seria capaz de um loucura destas?? Nem pensar! 
A outra parte do desafio, e que é uma única que permite que tudo isto seja possível é que os meus pais não vão saber, vai ser ir cedo como se fosse para o curso, e voltar no mesmo dia. Espero que o meu carro esteja á altura desta epopeia.
Estou tentada a aceitar, sendo que o prémio é voltar com ele no bando do pendura e provavelmente dormir.
Por outro lado sabe bem de vez enquanto dar uma de rebelde e expandir horizontes.

terça-feira, agosto 23, 2011

Tão fofo

Eles são super fofos quando são pequeninos e toda a gente se derrete com as suas brincadeiras.

segunda-feira, agosto 22, 2011

Um dia unico

Como tudo o que é bom acaba depressa ontem terminaram as minhas férias  na Sertã. Foram duas semanas espectaculares.
O real motivo desttas duas semanas foi também por causa do casamento do irmão do meu namorado, e foi também por causa disso que estes dias se tornaram especiais.
Foi o primeiro dia em que me fartei de beber e me sentia muito porreira, desde o branco ao tinto na hora de almoço com sopa de peixe e filetes de cherne, passando pelo Balyies no final com um café, não esquecendo  uma cerveja entre cada dança com o João, e um wisky com coca-cola, já eram  onze da noite, naquela véspera do meu aniversário queria era simplesmente divertir-me.  
O casório foi no sabado dias 13, e já se sabe que estas festas duram enquanto a malta aguentar, e nesse dia o João tinha uma surpresa reservada para mim, após a meia-noite, todos os que ainda se encontravam no restaurante cantaram-me os parabéns - eu gostei é verdade, mas não sei porquê inicialmente só tinha era vontade de fugir, mas sim, foi muito engraçado e gostei  muito da surpresa.
Resta dizer que me deitei já passava das três da manhã - mais tarde que isto só uma vez em Braga quando fiquei com a minha amiga a ler Tarot até ás quatro da manhã - e dormi na cozinha num colchão de ar muito agarradinha ao João, e houve quem dormisse na sala e até a rua, porque houve malta que só se lembrou de reservar hotel á ultima hora depois já não havia e tiveram que ficar lá em casa da mãe do João.
Durante a semana andámos a comer as sobras do casamento, todos os dias ao lanche era uma taça de arroz doce, e tostas com sumo - das que eles tinham levado lá a casa para os convidados petiscar antes das fotos -  á noite depois do jantar, era sempre um café por vezes acompanhado de uma fatia de bolo de noiva.
E assim se passaram duas semanas, as fotos vou colocá-las mais tarde no facebook, porque ainda não tive tempo de as tirar da máquina.

quinta-feira, agosto 18, 2011

I love England

Eu sempre desde muito pequena, quando o meu pai ia a Inglaterra em trabalho e me trazia uma barbie, que amo a Inglaterra, não é apenas pelas Barbies, não apenas pela monarquia, é sim porque me fascina os seus monumentos, os seus palácios, porque adoro falar em inglês, ler em inglês, porque amo o seu sotaque, porque adoro as suas casa, o seu modo de vida, porque gosto das ruas cheias de flores. E nunca fui a Inglaterra!

Revolta-me tudo o que têm destruido naquelas ruas, revolta-me que sejam apenas crianças e miudos jovens demais para saberem o quanto custa ter um emprego e trazer dinheiro para casa, o quanto custa montar um negocio proprio e mantê-lo para que o pãp nao falte na mesa e as dividas sejam saldadas.
Mas se eles são "adultos" o suficiente para fazer tudo isto, também o são para serem devidamente castigados.

Todos nós deviamos ser como esta senhora que sozinha enfrentou estes jovens, todos nós devianos ser capazes de parar quando as coisas estão a ir longe demais..



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...