Pesquisar neste blog


Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

quinta-feira, setembro 30, 2010

quarta-feira, setembro 29, 2010

Crueldade

Ontem vi um caso que me chocou profundamente, por vezes vejo este programa porque calha perto da hora do almoço, e como a minha mãe também vê, acabo por ficar um pouquinho também. Eu não vou falar muito porque o que pretendo aqui é divulgar o vídeo, até porque acho uma brutalidade horrenda a maneira como trataram esta pequena família, porque era o que seria se um dos seus membros não tivesse sido assassinado, e o mais estúpido é que foi por causa de dois meses de renda em atraso! Na minha opiniao pessoal, o homem que fez isto devia ser castigado da mesma maneira, porque deu cabo de uma família! Contudo há coisas boas, a jovem mãe sobreviveu e teve uma menina, que felizmente não sofreu nada, mas infelizmente nunca irá conhecer o pai, a não ser por fotografias.



C

terça-feira, setembro 28, 2010

O Filho

Estava no cascaishopping a ver uma revista com a minha melhor amiga que curiosamente me apareceu com o visual do secundário, óculos de armação metálica, redondos e cinzentos, cabelo comprido, ar descontraído e mochila as costas. Sentou-se ao pé de mim enquanto eu via imagens da Quinta da Regaleira, imagens meio gótico-romaninas meio tunisico-arabicas, inclusive estávamos as duas pasmadas a olhar para uma casa que não era mais do que uma árvore com portas e janelas, isto, no meio da Regaleira, em que os holofotes que a iluminavam também pareciam ser feitos da própria árvore. 
Dois minutos depois está a minha mãe a pedir-me concelhos para escolher uma nova cortina para a casa. Eu olhei em volta disse que ficava bem se ela comprasse uma igual á outra que estava na outra janela e assim ficavam todas iguais, dei mais uma volta pela casa, a sala noutro sitio com mobília diferente, um cantinho só para mim parecido com um escritório, um Hall maior, e uma cozinha nova com mais luz, eu sentia-me em casa na minha casa, mas aquilo não é a decoração da minha casa, alias da casa dos meus pais, sai para ver o quintal, o poço continuava no mesmo sitio com a água a fazer pequenos cristais na superfície e o muro rachado, mas o terreno já não era terreno, estava acimentado com desperdícios de pedra e podíamos caminhar sem tropeçar. 

domingo, setembro 26, 2010

sábado, setembro 25, 2010

Lembro-me...

...quando andava na escola, no oitavo ano - ano lectivo de 98/99 -  o que mais gostava era da sexta-feira, não por ser o ultimo dia de semana e poder descansar das aulas, mas sim porque era nesse dia, das 13h ás 14h que eu e uma colega minha - a quem eu um dia chamei de amiga - iamos para o clube de rádio. Sim, a escola tinha um clube de rádio, e era fantástico!!
Lembro-me que tinha de levar os CD's escondidos para a minha mãe não ver - se fosse hoje só precisava apenas de levar um mp3 no bolso do casaco - e durante uma hora só se ouvia musica, tinham um gosto em comum: Backstreet Boys, então não passava um único programa sem que tocasse uma ou duas musicas deles. Éramos muito tímidas, principalmente eu, e então nunca falávamos, só no fim do programas nos dias em que nos sentíamos corajosas para isso.  Era muito giro, tinhamos dois leitores de CD's enormes - do tamanho dos leitores de DVD ou dos VHS, lembram-se? - e uma mesa cheia de botoes, um microfone, e muitos posteres na parede. Não imeginem que aquilo era assim tão grande, era do tamanho da dispensa cá de casa... um cubículo, tanto que não cabiam mais de duas pessoas sentadas. O circuito do rádio estavam apenas dentro da escola, na rua e no bar, e só nos intervalos podíamos levantar mais o som.

sexta-feira, setembro 24, 2010

Pesadelo

Acordei feliz e satisfeita porque no dia anterior tinha ido sair com a minha melhor amiga, e acordei com aquele doce sensação de quando estamos "apaixonados de fresco", e eu estava de certa forma apaixonada pelo Jay Baruchel - acho que é assim que se escreve - porque fui ver o "Aprendiz de Feiticeiro",  porque também adoro o Nicholas Cage. Enfim, sai de manha no meu carro para a ir ver a conta do banco, sabia que tinha pouco dinheiro por isso convinha vigiar a conta. 

Assim que a caderneta saiu fiquei em choque, a minha conta já tinha menos de 100€, eu estava a ver os números e os meus olhos não queria acreditar. Voltei para o carro, arrasada, ainda tive que ir dar outras voltas para procurar trabalho como faço sempre. Entretanto vim para casa, almocei, e so mais á tarde é que deixei que tudo desabasse... desatei a chorar, num pranto pior do que aqueles que tenho quando me dá as minhas "crises de saudades", fiquei em desespero... já nao tenho dinheiro para nada, isto é o meu pior pesadelo... já nao basta ter perdido o Carlos, também tinha que perder a minha independência monetária e ficar totalmente dependente do meus pais. 

Sinto-me completamente no fundo do poço, sem maneira de subir... quero tanto sair daqui, mas agora não vejo saida nenhuma.

Alguém tem um pouco de luz? Está escuro...




quarta-feira, setembro 22, 2010

Ajudem os tubarões

Já há algum tempo que não escrevia nada relacionado com este tema, penso que a ultima vez que o fiz foi por causa das baleias. Podem até nem saber mas os tubarões estão em risco, e temos que os proteger além de castigar quem os caça só pelo prazer de matar um animal destes.
Encontrei um site chamado Oceanic Defense,  onde está um artigo que fala da tortura que estes animais sofrem e só pelas imagens já fiquei revoltada, isto devido a torneios que se fazem para ver quem consegue apanhar o animal maior.
Removing sharks, or any apex predator, can have serious impacts on the environment. Sharks are necessary components of functioning, healthy ocean ecosystems. As top predators they perform the vital role of regulating species abundance, distribution and diversity. When shark populations decline, fisheries and habitats can also decline or collapse – causing potential, local ecological and economic losses.

Incrível, hã? Será que esta gente já alguma vez pensou que os tubarões fazem falta ao ecossistema marinho? 

terça-feira, setembro 21, 2010

O Grito

Quando me contaram, eu nao quis acreditar... mas por aquilo que conheço de ti, sei que é verdade. Como te atreves? Sim, que raio de mentalidade tens tu? Isto não é a idade média! É o século XXI!
Eu estou tão pocessa com esta historia que nem sei como falar, nem sei como te dizer porque a única coisa que sinto agora é raiva!

Como é que tu te atreves, a fazer rezas para eu não ir trabalhar? Como? Eu podia ter ido esta semana, era perto de casa e tudo, e eu ia ganhar uns euros que tanta falta me fazem! Como é que tu tens coragem de me prejudicar tanto? E ainda tens lata de vir dizer que gostas de mim! Se isso é amor, nem quero saber como será o teu ódio!

Hoje não dormes!

Pode parecer incrivel mas ha infantarios onde isto se pratica.
Impor uma idade limite para a criança abandonar a sesta no jardim-de-infância é habitual em Portugal, mas pediatras e especialistas avisam que pode representar uma “tortura” e ser indicador de má qualidade de uma instituição.
Há crianças de três anos que deixam de cumprir o tempo de descanso após o almoço por decisão das instituições.
Eu ainda me lembro de quando era criança, o que eu mais gostava era da hora a sesta, só fui para o infantario aos cinco anos, e mesmo esse tinha umas caminhas pequeninas para se dormir um pouco. E eu era daquelas crianças que tinha mesmo de dormir. Também ha aquelas que não dormem de maneira nenhuma, o meu irmão por exemplo era assim, nunca dormiu sesta e até mesmo á noite era um castigo. Agora proibir de se dormir considero isso mesmo uma tortura, como havia nos tempos da PIDE - que eu felizmente não sou desse tempo mas ja ouvi relatos.

segunda-feira, setembro 20, 2010

Mensagem

A maior covardia de um homem é despertar o Amor numa mulher sem ter a intenção de a amar...


...love by ~xdashkax on deviantART

sábado, setembro 18, 2010

Lavar as mãos

Achei este teste no facebook através de uma amiga, e como agora andam aí tantos avisos para lavarmos as mãos, decidi colocar o teste aqui no blog.
Ah, ja agora... não se esqueçam de limpar o telemóvel com um pouco de algodão e álcool ou com toalhetes, o mesmo se aplica ao teclado do vosso computador.




How many germs live on your cell phone?
Created by Oatmeal

quinta-feira, setembro 16, 2010

Boa Nova

Susana Duarte
Ontem, dia 15 de Setembro, os Caçadores de Golfinhos em Taiji, no Japão... partiram para o Mar, mas regressaram de mãos vazias!
Nenhum golfinho foi capturado.
Ninguém sabe porquê.
Mas eu continuo a batalhar que TRABALHO PLANETÁRIO é prioritário!
Agradeço de CARDIACO a todos os que o fazem... E agradeço a QUEM devo!
...OM GAIA!
OM IEMANJÁ!
♥ ♥ ♥

quarta-feira, setembro 15, 2010

Tem dias que...

...não aguento estar longe de ti! Sinto-me uma planta seca, sinto-me feia abandonada. Foi a ti que eu escolhi naquele dia em que te roubei um beijo, foi a ti, mais ninguém, eu nao estou preparada para estar com mais ninguém, so contigo! É a ti que quero, é contigo que pretendo ter os meus bebés... por vezes penso que se ficasse gravida de ti, mesmo que nao me quisesses ver mais, se calhar ia ser feliz, porque pelo menos ia ficar com um bocado de ti dentro de mim, para mim, para o mundo, para criar, para amar... assim não tenho nada... nem um bocadinho de ti, amor. Eu ainda te amo, ainda te quero, ainda te desejo, e sinto a tua falta... ai... como eu sinto a tua falta... como eu sinto este vazio... 
 
Eu nao quero mais ninguém sem seres tu, eu nao consigo... eu nao consigo... doi muito! Doi muito porque tento ocupar o lugar que tu deixas-te... com alguém que eu quero que seja igual a ti... mas ninguem é.. só tu... só tu és unico, so tu és carinhoso, so tu me respeitas, só tu és meu amigo... só tu, só a ti que eu quero.
 
Só tu Carlos...


UM PEDIDO DOS ELEMENTAIS DA ÁGUA - AS ONDINAS

Amados Filhos eu sou o Elemento da água, As Ondinas.

É com pesar que venho me comunicar com vocês, a matança e a poluição em nossas águas, é devastadora. Digo nossas águas, porque eu estou em vocês também e já não sabemos mais o que fazer para mostrar para aos humanos.
Infelizmente, amados trabalhadores de luz, infelizmente as coisas estão tomando um rumo drástico e muito catastrófico.
Estou aqui a fazer um desabafo com vocês: peço a sua ajuda para que nos ajudem e auxiliem.
Os outros irmãos elementos estão chorando, estamos todos chorando e sofrendo pelo destino que a humanidade está tomando para si. A energia que flui através de nós: água, fogo, ar e terra dentro e fora de toda a humanidade.
Gaia também chora e sofre connosco, não sabemos mais o que fazer, em amor incondicional pedimos a vossa ajuda.
Estejam na paz e no amor de todos nós.
Assim amados irmãos, somos todos UM.

Pergunta: O que podemos fazer para ajudar de uma maneira mais imediata?

Alertem as pessoas, mostrem-nas a importância de cuidar do planeta e, principalmente, o reflexo do planeta que são elas em seus corpos. Estão todos doentes e debilitados, a maioria pensa que a vida capitalista que levam é mais importante do que a estrutura primordial que faz parte do grande edifício chamado vida. Não queremos devastar continentes inteiros com o retorno de vossas criações energéticas. Ajudem-nos a transmutar essa energia em luz para que a fonte possa usá-la para reconstruir a nova sociedade iluminada e amorosa que vai ser regida pelos princípios crísticos.

Eu Sou o Elemento Água, Eu Sou As Ondinas.

Nota de Cristo Miguel: Peço aos amados Trabalhadores da Luz, para que façam os seus decretos e meditações direcionando para todo o planeta, não com a intenção de parar o alivio energético da Terra. Não mentalizem a parada de catástrofes, mentalizem a transmutação através das chamas divinas. Não focalizem em um só local, abracem o planeta todo como um organismo vivo. O discernimento e a sabedoria estão à sua disposição. Façam uso de tudo que já sabem, eu os convoco para o trabalho. Está feito.
Selah
Cristo Miguel



terça-feira, setembro 14, 2010

My Magic Diary - Chapter II

I looked scared to wand. It was beautiful, but do not even want to touch it. I got up and prepared the bag as usual for another day of college, I was a little bit afraid of seeing Mark again. Do not know what to say or what to do, it could be folly to ask him why he left a wand on my bedside table? And what was that conversation during the dream? And how he got into my room? Oh, how foolish, it was just a dream. But the truth is that wand was there this morning. So many questions with no answer.

I left home long before my time, in most cases are late for classes, it's complicated when you live alone, but today it had woke up early, but there was no problem because I could be even  in the library until class time.
There were already many people in college when I arrived. I saw some of my colleagues, I was a little talk with them before going to the library, I thought I would feel safer inside the walls of the school. Yes, I felt better here, the library was empty, only one or two students, probably finalists, were there to study. I sat down and opened the book of discipline which I was going to have test in a few weeks away.

segunda-feira, setembro 13, 2010

Sonhos acordados

Hoje acordei cedissimo, ainda nem eram 8h, e fiquei a matutar numa coisa que me disseram no dia anterior, pouco antes de ir dormir.

Estudar não é uma opção para ti? És tão novinha.

Sim, eu adorava poder entrar numa universidade - nem que fosse para deixar de pensar que estas instituições são  apenas para as pessoas de elite, porque desde o 12º que tenho isto entalado na garganta porque nunca pude ir fazer o curso que tão desejava, e ainda desejo - adorava voltar a estudar uma coisa realmente me desse gozo e prazer de fazer, seria óptimo! E foi a pensar nisto que eu acordei, já que estou numa de "angariação de fundos" para uma casita ou um negocio, porque não pedir para estudar? Sim, acho que seria uma boa ideia. Então assim que terminar este post vou acrescentar isso á minha lista.
Eu podia estar agora a entrar na universidade, como tantos outros que estão a entrar agora, porque já ando com esta ideia há mais tempo, desde o inicio do ano mais ou menos, só que lixaram-me os planos - e aqui algumas pessoas já sabem do que estou a falar - e então tenho-me sentido amarrada a uma coisa que não gosto só porque dizem que dá dinheiro e que tem saída e etc, - digo-vos de verdade, estudar à distancia é a maior bodega que podem fazer, principalmente se estivem desempregados como eu estou, isto só e fixe para quem trabalha e não tem tempo de ir para uma universidade, mas eu tenho, eu podia ir, qual era o problema ou a diferença entre me pagarem um ano de algo que não gosto ou três anos de algo que eu ia adorar? Os preços devem rondar os mesmos valores!

sexta-feira, setembro 10, 2010

My Magic Diary - Chapter I


Hello, my name is Samantha, Sam for my parents, and Sammy for my friends. I was born in a small village, Stoke in Cornwall, England, in the year of 1985. I’m a normal girl, like everybody else, with people that like me and people that dislike a lot. But a I don’t care.
I have two sisters, Shirley and Stella. It’s funny my parents want us with names beginning with S, perhaps because of my mother to call Susan and father Steven. But the most curious is my best friend is named Sheila.

I was in primary school,
secondary school and high school, like everyone else, I made friends and enemies, but never had good grades, never belonged to the group of "super-popular" class. My problems began when I entered the University, in Devon – the only that was more close – and I met a guy named Mark Lance. He was strange, he was very strange and was always looking at me, freaking guy, I thought. Oh, with whole this conversation about things around me I forgot to described myself, I am tall, redhead, and long hair and not overweight, I'm normal. Maybe it’s because of that that he was looked at me all the time, many guys said that I was beautiful, since the high school.

quinta-feira, setembro 09, 2010

Feira Popular

Vi esta noticia no Destak, e pus aqui no meu blog para dizer que esta é uma das coisas que me revolta, pois quando era criança adorava ir á Feira Popular e andar nos carroceis, nos carrinhos de choque, no carrossel dos póneis, e na lagarta que passava por dentro de uma maçã, comer pipocas e trazer um balão para casa. E após todo este tempo acho inadmissível que ainda não a tenham reaberto, nao digo que tenha que ser no mesmo local, mas era muito bom voltar a ter a Feira Popular,  pois quase todos os países da Europa têm um parque de diversões excepto Portugal. Já estou mais que farta de centros comerciais, abram a Feira Popular!!!



Sete anos depois do encerramento da Feira Popular e após várias hipóteses para uma futura localização, Lisboa continua, hoje, sem parque de diversões. O actual executivo diz nunca ter recebido projectos, enquanto o sector assegura que avançaria se fossem criadas condições. Desde que se tornou presidente da autarquia, há três anos, António Costa não recebeu propostas para um novo espaço. «Nunca apareceu nenhum projecto», disse à Lusa, com «alguma pena» e referindo que a localização dependerá sempre do tamanho».

Observation test

A ideia deste video é contarem quanto passes faz a equipa branca. Será que conseguem ver tudo?




Contaram? Quantos foram? E será que viram um urso a dançar no meio do grupo? Ele sempre lá esteve.

quarta-feira, setembro 08, 2010

Privacidade do Facebok

Ontem numa conversa, á hora de almoço num restaurante, começou-se um tema de facebook para cá e facebook para la, privacidade para aqui e privacidade para ali. Uma das pessoas que estava até muito indignada:

Tenho uma pessoa que eu nunca vi, que é amiga de um amigo meu e que comentou as minhas fotos!

E diz a outra com ar muito inteligente:

Eu detesto o Facebook, não tem privacidade nenhuma, toda a gente expõe a sua vida! Ao menos eu tenho hi5 e ninguém que não seja meu amigo consegue ver o meu perfil.

Eu só tive vontade de rir, mas como é óbvio permaneci quietinha no meu canto. Ela até pode ter a sua razão, e todas as opiniões merecem o devido respeito, eu também já tive hi5 e confesso que na altura não queria mais nada sem ser aquilo até descobrir o Facebook! O hi5 tem a desvantagem que não te permite bloqueares o teu perfil de alguém que nunca viste na vida mesmo que a adiciones ao teu grupo. O Facebook, tem! O que poderá ser eventualmente feito é recusar todos os pedido do hi5 que gente que não conheçamos e assim ninguém estranho se intromete. Mas isso vai de cada um.

Apercebi-me que muita gente ainda não sabe bem gerir a sua privacidade no Facebook ou porque ainda não têm perfil, ou porque porque ouviram rumores de amigos ou conhecidos, ou ainda por outros motivos, devem existir imensos. Assim, tive a ideia de fazer um artigo sobre a privacidade no Facebook. Eis os temas que vamos abordar:
  1. Como criar grupos de amigos?
    1. Para que servem estes grupos?
    2. Porquê criar grupos de amigos?
  2. Como personalizar a nossa privacidade?
    1. Perfil
    2. Fotos
  3. Como ter a certeza que apenas as pessoas que escolhemos têm acesso aos nosso dados?

segunda-feira, setembro 06, 2010

Porque não?

Hoje á tarde sai de casa para mais uma maratona em busca de emprego e a meio do caminho tive uma daquelas minhas ideia qual el-rei Tadinho no seu reino das cem janelas: porque não arranjar uma banquinha e vender cachorros quentes á beira da estrada?
Sim, porque não? 
Já pareço aquele do anuncio do azeite, mas a sério, porque não? O investimento maior seria mesmo a banca, ou a roulote, algumas até ja estão equipadas, só teria mesmo de ter as licenças para começar a funcionar. E depois era só lucrar. Pois a falta de emprego dá comigo em doida e depois tenho estas ideias assim, que até nem seriam más de todo se eu tivesse dinheiro para comprar a roulote. Sim, porque eu já achei duas, só que uma está em Leiria, a e outra está em Lisboa, e não me importava nada de a comprar se isso resolvesse todos os meus problemas. Estou agora até a pensar num desafio - se bem que não tenho muita gente a quem desafiar, e para eu a comprar precisaria do dinheiro para ontem, mas pronto - aqui vai o dito desafio: a quem me ajudasse a angariar o dinheiro necessário para a roulote, eu ofereceria uma refeição de graça! Claro, para poder compensar o investimento se todos derem um bocadinho de cada vez.
Talvez seja uma ideia parva, mas ao menos é uma ideia, quem quiser contribuir ja sabe, mas deixem comentário primeiro, não vá eu desistir disto e depois tenho que devolver tudo!

Ja que falo no tema, algum dos leitores me sabe dizer onde é que eu teria de fazer a licenças? Sim, porque de certeza que é preciso uma licença e uma fiscalização antes de começar a trabalhar, além de se ter de abrir firma e tudo o mais. Os produtos vou ter que ir à Makro buscar, isso eu ja sei, mas tudo o resto que tem a ver com a nossa querida burocracia é que estou completamente a zeros.
Alguma dica por aí? 

domingo, setembro 05, 2010

De um desconhecido

Enviaram-me esta musica que eu adorei e quero agora partilhar, foi alguém que conheci num chat, mas que não sei o nome, nem idade, nem nada, mas enviou-me a musica à mesma, e para mostrar que adorei, aqui está ela no meu blog ;)


sábado, setembro 04, 2010

My Magic Diary

This is the story of Samantha, a normal girl like any other, with a family, sisters and friends but one day after school at the University finds himself followed by a classmate, Mark Lance, the hot guy of the class. Samantha tells everything to her best friend Sheila. Mark is not what she actually thinks he is, Mark is much more than just a normal guy, much more than a possible passion, but this must be discovered it by her. Samantha starts having dreams that come true so she wakes up, and slowly feels your whole world gives a sharp turnaround, and is no longer just a normal girl.
 

A whole new story that promises plenty of magic, suspense and unique adventures.
This will be my first story entirely in English, I don’t know if the title of the story will be the same of this post, but I already started writing because of my new inspiration: a book called The High Lord. Who has suggestions for the story, or wants to leave just your opinion can write a comment or two. 


Published soon... 

 
 
Enhanced by Zemanta

sexta-feira, setembro 03, 2010

Palavras em vão

Hoje fui ver o mar... estava lindo como de costume, lembrou-me dos olhos do Carlos, sempre felizes quando me viam. 
Fui deitar fora a minha raiva, a minha dor, a minha tristesa e algum desespero! Para que o mar os levasse e deixassem de fazer peso nas minhas costas... 
Fiquei mais leve depois de chorar, de libertar o que tenho preso, egasgado... tanta coisa, tantos sentimentos que se misturam uns com os outros e me fazem sentir estranha e que este mundo não é o meu. 
Sempre quis ser sereia, mas sei que não sou, nem peixe sou, não posso ir para o mar, nao posso fugir... só posso gritar, chorar e aceitar mesmo que me custe. E custa... olhar em volta e não ver nada, onde antes haviam amigos, um emprego, um namorado, um futuro, hoje apenas  tenho uma amiga, o desespero, a solidão e o vazio... apenas isto! 
 
Todo o meu restante reino desmoronou e eu cai com ele... 
 
Senti o mar a chorar comigo, ficou mais violento com as minhas lágrimas, mais calmo com os meus suspiros, mas sempre calado, enquanto eu falava e chorava com ele, tal como eu fazia com o Carlos... e ele comigo... 
Os meus sentimentos estao divididos entre o Carlos, o meu eterno amor, e o desemprego, a minha falta de independencia, um deles ja nao me quer mais, falta agora que o outro, o emprego, me queira, mas não vejo resultados, porque mais que procure não tenho respostas... estou cansada... e estou sozinha...

quinta-feira, setembro 02, 2010

Backstreet Boys - I Still...

 Who are you now?
Are you still the same
Or did you change somehow?
What do you do?
At this very moment
When I think of you
And when I'm looking back
How we were young and stupid
Do you remember that?

No matter how I fight it, can't deny it
Just can't let you go

Chorus:
I still need you
I still care about you
Though everything's been said and done
I still feel you like I'm right beside you
But still no word from you

quarta-feira, setembro 01, 2010

E se eu estivesse numa casa a arder?

A minha amiga escreveu uma nota com este titulo, descrevendo também se por mero azar isso lhe acontecesse quais os amigos dela que iriam a correr para a ajudarem e quem faria o quê, no meu caso ela disse que eu seria a primeira a encher baldes de água para apagar as chamas. Sim, eu faria isso por ela, e não só, se visse que ela estava presa em algum sitio tentaria tira-la de lá nem que tivesse de arranjar um machado ou algo semelhante para arrombar portas e janelas. Sim, é verdade! Mas e comigo? Tantas vezes escrevi posts neste blog a barafustar que gostava de ter a minha casa, a minha liberdade, a minha independência. Mas... e se a casa pegasse fogo por algum motivo? Que amigos é que eu tenho que iriam a correr para me salvar? Sim tenho a minha amiga que acabei da falar, mas e se ela estiver a trabalhar que não me possa acudir e os bombeiros demorarem demasiado tempo? Que amigos é que eu tenho? 

Ninguém...

Sim, confesso que me sinto com um pouquinho de inveja por ela ter tantos amigos e que cada uma teria a sua tarefa para a tirar de lá, isso também me faz feliz porque sei ela pode contar com esses amigos caso eu nao possa ir ter com ela, é um sentimento estranho, porque eu também gostava de dizer que tenho esta ou aquela amiga que faz isto ou aquilo e que mais o outro amigo que iria nao sei pa onde para me tirar de casa...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...