Pesquisar neste blog

A carregar...

Um dos blogues mais bonitos e originais e que merece ser visitado mais do que uma vez, pelas suas curiosidades, historias num mundo magico, videos de musica e cinema, entre muitas outras coisas...
(Dito por um fã)

_____________________________


O primeiro passo para superar o bloqueio de escritor não é começar a pensar, mas começar a escrever." ~*~ Christopher Rice.

A Minha Melhor Amiga

Daisypath Friendship tickers
Se eu tenho um contador de namoro, porque não um contador de amizade?? ;)

Namorando...

Daisypath Anniversary tickers
Um dia sem ouvir a tua voz é como descobrir que o mar morreu.

sábado, Julho 19, 2014

A minha agenda e o meu blog

Há muito tempo que tenho este blog, há muito tempo que escrevo nele sobre tudo o que me apetece sem me preocupar com comentários! Mas desde que conheci o meu marido que muita coisa mudou. 
Coisas que eu escrevia,  coisas que eu desabafava, coisas que eu pensava que nunca iam ser lidas ou levadas a peito, agora eram lidas e chegavam aos ouvidos de pessoas que não me interessava que soubessem dessas coisas.
Percebi forçosamente e pela via mais vergonhosa que não podia nem posso mais escrever no meu querido blog. Agora é na minha agenda que o faço, assim tenho a certeza que só eu leio e que não fico sujeita a situações constrangedoras. Por isso sim, isto é uma despedida. Adeus blog, que sempre me ouviste, adeus blog que sempre estiveste lá quando eu precisava. 
Talvez um dia volte, mas não para desabafar. 

Adoro-te! 




sexta-feira, Junho 06, 2014

Chuva...

O que trazes tu?
O que queres?
Vens com nevoeiro,
Mas nada de mim esperes.

As gotas na pele a nu,
São como lágrimas.
De tristeza?
Ou de alegria?

Não sei!
Só sei de certeza
Que o sol me dá energia.
E força.

A mudança que se avizinha
A cada gota fininha
Da chuva irrequieta,
Que molha os tolos.

Tu cais e eu levanto-me!
É o sol nascente
Que comigo acorda
Que me diz: 'puxa a corda'

Da nossa vida,
Que lida
Todos os dias
Este desafio que crias.


segunda-feira, Maio 19, 2014

Carta do meu subconsiente para mim

"Eu sei que estás triste e desanimada, mas tu agora não és só tu, tens uma aliança no dedo, lembras-te? Agora és tu e o teu marido, não podes pensar só em ti, não penses que consegues fazer as coisas ás escondidas porque tu moras com ele, estás com ele 24 horas por dia, ele é o teu companheiro, vocês são como uma equipa e têm de partilhar as coisas, se assim não for as coisas não funcionam durante muito tempo. E eu sei que tens medo, medo de ficar sozinha, que por algum motivo ele te deixe de amar. E porquê que tens medo? Porque sempre foste insegura, nunca te valorizas-te, sempre pensas-te que os outros são melhores que tu quando na verdade é ao contrario! Não podes continuar a ser assim.
Eu sei que é chato, teres que deixar o que gostas para seguires atrás daquilo que o teu marido gosta, mas que outra opção tens? Continuar desempregada? Continuar á espera de um curso que não vem? Esperar que te caiam clientes e encomendas pela chaminé? Isso não vai acontecer!
Queres costurar? Optimo, aprende a fazer o enxoval para o teu bebe. Faz roupa para ti! Sê diferente das outras, mostra-te!
Deixa as coisas correrem, talvez até quando a carruagem estiver a andar tu possas fazer o teu curso em casa, tens é que conversar com o teu marido para que ambos concordem. 

Pensa nisso."


quarta-feira, Maio 07, 2014

Não desisto!

Quem ver-me em baixo, querem que eu pare, querem que eu desista!

Mas eu não desisto!

Quem me quiser criticar que critique,
Quem quiser me invejar, inveje,
E quem me quiser amar, estou de braços abertos!

Amo viver,
Amo o meu marido,
E sou feliz!


domingo, Março 09, 2014

O importante és tu

Palavras são sempre palavras, não importa como ou porque as dizemos, são palavras, sentimentos, desabafos! Palavras são a forma que temos de comunicarmos um com o outro.
Elas por vezes demoralizam-nos e não sabemos como responder, mas por muito que nos magoem essas palavras, são os actos o pior de tudo, não é? Eles fazem-nos sentir como lixo!
Mas tu sabes que temos valor, somos mais do que aquilo que essas palavras dizem!
 
Não deixes que ela te derrube, amor! 


sexta-feira, Fevereiro 28, 2014

Deus Existe

Num dia como tantos outros em que fui buscar que fui buscar o João ao trabalho, surge uma senhora a pedir, mas era diferente, eu podia ter rejeitado mas abri o vidro e ouvi a sua história, pensei várias vezes se podia ser verdade, mas algo dentro de mim me fez sentir que sim. Aquilo não foi um acaso!
Tinha fome, estava doente, sem casa para morar e com um filho para criar. Puxei de 5€ e dei-lhe, senti toda aquela gratidão dentro de mim. Foi bom, parar um pouco para ouvir, porque por momentos os meus receios inverteram o papel, poderia ser eu no lugar dela.
No final da conversa, eu senti-me bem, era um sentimento diferente, de calma e tranquilidade, um sentimento de que fiz a coisa certa.

Agora pensando de outra forma, foi um risco! Claro que foi, mas eu nem pensei, podia estar alguém por trás, podia ter ficado em o carro, enfim mil e uma coisas. É sempre bom ter cuidado.

A sensação que tive foi que Deus esteve ali de alguma forma. É mesmo muito estranho, mas eu não me arrependo de lhe ter dado os 5€, se for realmente para ela comer, e mesmo por necessidade.

quarta-feira, Janeiro 22, 2014

In a World Like This

É uma sensação estranha,  pela primeira vez dou-me conta que a minha família ja nao é apenas os meus pais,  isto porque vai haver para fevereiro um concerto dos bsb, e eu ando sempre louca pra saber quando será o próximo acabo por ficar um pouco triste.  Pela primeira vez eu poderia ir a um concerto sem inventar histórias,  dar desculpas ou satisfações e nao posso ir  porque tenho uma família,  de duas pessoas mas ainda assim é uma família,  e o dinheiro tem de  ser bem gerido.  Não posso dar 30 € por um bilhete,  sabendo que isso pode comprar a nossa próxima refeição.
Já para não falar que a primeira vez que consegui ver o um certo deles foi naquela fase em que o Kevin tinha saído do grupo, e agora seria a minha oportunidade de os ver novamente todos juntos! Mas quando tem que ser tem mesmo de ser e eu não posso fazer mais nada, a não ser ficar com o prémio de consolação que é o novo CD deles.


quinta-feira, Janeiro 16, 2014

Livre

Com o fim da negra tempestade, só as marcas nos braço e as dores nas mãos e nos pés ficaram, as da alma, essas só eu as posso sentir. Mas acabou, livrei-me do ultimo pedaço desses dias de guerra eufórica!
Um novo caminho há para seguir, sem saber o que irei encontrar, mas com a esperança de para lá deste claro horizonte consiga ver o sol radioso que me enche de energia e me abre o sorriso.
 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...